O que toda mulher deve saber antes de aceitar um emprego

Questionar sobre a presença feminina em cargos de liderança e descobrir se a cultura da empresa combina com seus valores são boas medidas para evitar decisões erradas.

Compartilhe esta publicação:

Se você anda descontente com seu emprego atual e com a empresa, provavelmente já está à procura de outra posição em uma nova organização. Talvez você não tenha sido chamado para aquela merecida promoção, ou acredite que não há como progredir na carreira. Você finalmente entendeu que uma cultura empresarial que não apoia e incentiva as mulheres será sempre um grande obstáculo.

Acessibilidade


Mas como ter certeza que esse novo lugar também não irá acabar no mesmo caminho? Conheça 7 coisas que toda mulher deve saber antes de aceitar um novo emprego:

  • Existem mulheres em cargos de liderança?

    Uma das primeiras coisas a se fazer é descobrir se há mulheres em cargos de liderança na empresa. Se sim, como chegaram lá? Foram promovidas ou trazidas de fora? Essas perguntas são importantes para determinar se a companhia investe na representação feminina e em planos de carreira específicos.

  • As mulheres nos cargos mais altos têm responsabilidades fiscais concretas?

    Muitas empresas gostam de falar que possuem mulheres em cargos de liderança, mas quando você olha melhor acaba descobrindo que essas posições às vezes não tem nenhuma responsabilidade fiscal. A falta de bons modelos femininos é um dos motivos para o baixo número de mulheres.

  • As mulheres exercem poder e influência?

    Qual é o papel das mulheres nas operações e estratégias da empresa? Elas realmente têm envolvimento no direcionamento da companhia? Existe alguma mulher no Conselho Administrativo?

  • A empresa investe no desenvolvimento de líderes mulheres?

    Existe uma network para as mulheres? Se sim, conta com o apoio da gerência? Qual o tamanho deste investimento? Muitos desses programas falham neste ponto, o que é sinal de que a empresa na verdade não está muito interessada – poucas coisas são feitas sem dinheiro ou patrocínio profissional.

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
  • A empresa tem algum programa para incentivar profissionais talentosos?

    Se sim, qual é a representação feminina? Existem critérios para a exclusão ou inclusão nestes programas? O investimento em funcionários “especiais” é um sinal claro de que a empresa consegue descobrir os talentos e incentivá-los.

  • A empresa possui algum programa formal de incentivo?

    Novamente, é importante determinar se as mulheres então inclusas nestes programas de apoio e incentivo. Se não existe nenhum programa formal, as mulheres estão sendo apoiadas de que maneira?

  • A cultura da empresa combina com o seus valores?

    Esta é a questão mais importante de todas. A cultura geral da companhia combina com os seus valores morais e com a sua ambição? Esta cultura irá te apoiar durante a progressão de sua carreira.

Existem mulheres em cargos de liderança?

Uma das primeiras coisas a se fazer é descobrir se há mulheres em cargos de liderança na empresa. Se sim, como chegaram lá? Foram promovidas ou trazidas de fora? Essas perguntas são importantes para determinar se a companhia investe na representação feminina e em planos de carreira específicos.

Compartilhe esta publicação: