Guia traz roteiro para 24 horas em Toronto

Divulgação
High Park é o maior parque de Toronto

Em 2019, Toronto foi classificada como a cidade de crescimento mais acelerado da América do Norte: sorte do comércio e da cena cultural. Veja o que fazer em um dia de folga no centro financeiro do Canadá.

1 MoCA
2 High Park
3 Café Boulud
4 Eataly
5 Royal Ontario Museum
6 St. Regis Spa
7 Soho House

Veja, na galeria de fotos a seguir, nossa sugestão de roteiro:

  • 10:00
    PASSEIO HYPADO
    MOCA (MUSEUM OF CONTEMPORARY ART)

    Comece o dia pelo The Junction, o bairro do momento, localizado na parte oeste da cidade. Em 2019, o MoCA reabriu na vizinhança e se instalou na antiga Tower Automotive Building, uma construção de 1920. Até o dia 10 de maio, é possível conferir a primeira exposição individual do português Bunga em solo canadense.
    @mocatoronto

  • 11:30
    TONS JAPONESES
    HYDE PARK

    Após a manhã artsy, caminhe até o High Park, o maior parque de Toronto. Caso a visita aconteça entre a última quinzena de abril e o início de maio, o começo da primavera, é possível dar a sorte de testemunhar o espetáculo das cerejeiras. Prepare o lenço – é muito emocionante.
    @highparktoronto

  • 13:00
    CLÁSSICOS FRANCESES
    CAFÉ BOULUD

    Habitué da cena gastronômica de Nova York, o chef Daniel Boulud abriu as portas de uma unidade do seu Café Boulud em Toronto. Focado em clássicos franceses, o menu remete aos bistrôs parisienses. Nem se preocupe com o que escolher no cardápio – é tudo uma delícia.
    @cafebouludto

  • 15:30
    PARA FLANAR À TARDE
    ROYAL ONTARIO MUSEUM

    O bairro de Yorkville é uma boa opção para passar a tarde. O recém-inaugurado Eataly é uma gigantesca loja de 50 mil metros quadrados e três andares, localizado no shopping Manulife Centre. Bem próximo a ele está o Royal Ontario Museum. Só o seu exterior já vale a visita: uma construção do arquiteto Daniel Libeskind, o mesmo que assina o World Trade Center Master Plan.
    @eatalytoronto
    @romtoronto

  • 18:00
    MOMENTO RELAX
    SPA DO HOTEL ST. REGIS

    Inaugurado em 2018, o spa do hotel St. Regis está localizado no 31º andar da torre residencial mais alta da cidade. Até o mês de junho, ele está fechado para reformas e irá reabrir com um projeto totalmente novo. O que não muda é a qualidade dos tratamentos, como a massagem com pedras quentes.
    @stregistoronto

  • 20:30
    PRATOS PARA DOIS
    LOUIX LOUIS

    Não há necessidade de sair do St. Regis para jantar em um dos mais concorridos restaurantes da cidade, o Louix Louis. O pé-direito alto, a vista para o skyline e os toques dourados da decoração são apenas um complemento para o menu que traz opções de pratos para compartilhar, como as vieiras defumadas e a burrata com trufas.
    @louixlouis

  • 22:30
    INTIMISTA E CONCORRIDO
    SOHO HOUSE

    O grupo de hotéis e clubes privados Soho House tem um hotel boutique na cidade, com dois bares interessantes. O Club Bar, com ares vintage, lareira e piano, é bem intimista – e concorrido. Já o Pretzel Bell Bar oferece programação variada de shows ao vivo.
    @sohohousetoronto

10:00
PASSEIO HYPADO
MOCA (MUSEUM OF CONTEMPORARY ART)

Comece o dia pelo The Junction, o bairro do momento, localizado na parte oeste da cidade. Em 2019, o MoCA reabriu na vizinhança e se instalou na antiga Tower Automotive Building, uma construção de 1920. Até o dia 10 de maio, é possível conferir a primeira exposição individual do português Bunga em solo canadense.
@mocatoronto

Reportagem publicada na edição 75, lançada em março de 2020

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).