Reviravolta de Trump no G7 faz Europa se unir

Ministro alemão diz que presidente dos EUA minou a confiança no encontro

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Ministro alemão diz que presidente dos EUA minou a confiança dos países europeus

Acessibilidade


A decisão do presidente norte-americano Donald Trump de retirar o apoio ao documento final do G7 por meio uma mensagem no Twitter minou o sentimento de confiança que havia no encontro e a resposta da Europa deve ser de união ainda maior, disse o Ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, hoje (10).

LEIA MAIS: EUA e Coreia: Trump confiará mais no “instinto”

“Na verdade, isso não é uma surpresa, pois já havíamos visto esse mesmo comportamento na ocasião do acordo do clima ou do Irã”, disse Maas, quando questionado sobre a decisão de Trump de revogar apoio ao comunicado final do G7 após o encontro realizado entre as superpotências no Canadá.

“Em questão de segundos, você consegue destruir o sentimento de confiança com apenas 280 caracteres de Twitter”, disse Maas, acrescentando que levará muito tempo para Trump reconquistar a confiança das potências mundiais.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: