Mercado Livre capta R$ 245 mi para pequenos lojistas

iStock
Os recursos serão usados para financiar pequenos empreendedores que vendem por meio do Mercado Livre

O Mercado Livre anunciou hoje (11) a conclusão da captação de R$ 245 milhões com um fundo de direitos creditórios (FIDC). Os recursos serão usados para financiar, por meio da unidade Mercado Crédito, pequenos empreendedores que vendem por meio do portal de comércio eletrônico.

LEIA MAIS: BC autoriza Mercado Livre a ser instituição de pagamento

A captação foi liderada pelo BID Invest, braço do Banco Interamericano de Desenvolvimento, e pela gestora brasileira de recursos Captalys.

“O valor destinado ao FIDC tem como objetivo impulsionar a oferta de crédito para os pequenos negócios, que hoje têm acesso limitado a crédito junto aos bancos”, afirmou Daniel Stephens, gerente sênior do Mercado Crédito no Brasil.

Lançado como unidade separada de negócios em janeiro, o Mercado Crédito ressalta a estratégia do Mercado Livre de ampliar a oferta de serviços financeiros, criando uma série de braços de negócios. Outra dessas unidades é o Mercado Pago, que opera no mercado de adquirência de cartões.

No mês passado, a Reuters publicou que o Mercado Livre recebeu aval do Banco Central para atuar como instituição de pagamentos, dando ao grupo capacidade de operar com uma variedade de outros serviços financeiros, como empréstimos a pessoas física.

Segundo a companhia, desde o início de 2017 o Mercado Crédito já concedeu mais de R$ 665 milhões em crédito para vendedores online no Brasil.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyrigh[email protected]).