Tribunal no Brasil permite que Ghosn acesse apartamento no Rio

Getty Images
Nissan diz que propriedade tem evidências contra o executivo

Um tribunal brasileiro decidiu hoje (12) que o executivo Carlos Ghosn deve ter acesso a um apartamento no Rio de Janeiro para recuperar pertences pessoais, segundo decisão vista pela Reuters.

LEIA MAIS: Carlos Ghosn queria recuperar dinheiro e obras de arte no RJ

Ghosn e a montadora japonesa Nissan têm discutido na justiça sobre o acesso ao apartamento, após o executivo ter sido preso em Tóquio acusado de fraude financeira.

A Nissan afirma que o apartamento tem três cofres que podem conter evidências contra Ghosn.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).