Justiça bloqueia mais R$ 5 bi da Vale a pedido do MP

Adriano Machado/Reuters
Ação objetiva garantir medidas emergenciais e reparar danos ambientais

A Justiça de Minas Gerais acatou pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e determinou o bloqueio de R$ 5 bilhões da mineradora Vale, diante de rompimento de barragem da companhia em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

LEIA MAIS: Ações da Vale despencam nos EUA após tragédia em MG

Em nota, o MP afirmou que a ação tem como objetivo garantir a adoção de medidas emergenciais e a reparação de danos ambientais decorrentes do rompimento da barragem da mina Feijão, na tarde de sexta-feira.

“A decisão impõe ainda que a empresa adote, de imediato, todas as medidas necessárias para garantir a estabilidade da barragem VI do Complexo Mina do Feijão”, disse a nota. “Em sua sentença, a juíza Perla Saliba Brito aponta como inconteste o dano ambiental causado pelo rompimento da barragem e como irrefutável a premência de se efetivar medidas emergenciais para salvaguardar a comunidade local e assegurar a recomposição dos prejuízos causados.”

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).