Mineradora BHP: US$ 515 mi para Renova e Samarco

Ricardo Moraes/Reuters
Fundação Renova foi criada após o colapso de barragem em Mariana

A mineradora anglo-australiana BHP aceitou aportar US$ 515 milhões em apoio financeiro adicional à Fundação Renova e à Samarco, disse a companhia em documento publicado ao mercado. A Fundação Renova foi criada para fins reparatórios após o colapso de uma das barragens de rejeitos da mineradora Samarco — uma joint venture da BHP com a Vale, em novembro 2015, em Mariana (MG).

LEIA MAIS: Vale e BHP fecham acordo definitivo sobre Mariana (MG)

Do montante informado, a BHP detalhou que US$ 438 milhões seriam aportados para financiar a Fundação Renova até 31 de dezembro deste ano e US$ 77 milhões disponibilizados à Samarco até junho.

Considerado o maior desastre socioambiental do Brasil, o rompimento da barragem deixou 19 mortos, centenas de desabrigados e poluiu o rio Doce, que percorre diversas cidades até atingir o mar do Espírito Santo.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).