HP tem receita abaixo do esperado

As vendas no segmento de sistemas pessoais aumentaram 2,3%, para US$ 9,66 bilhões

A HP – empresa de hardware da antiga Hewlett-Packard, que se separou do grupo em 2015 – teve receita trimestral abaixo das estimativas de Wall Street, pressionada por vendas mais fracas do que o esperado de computadores pessoais e impressoras.

LEIA MAIS: HP supera estimativas de lucro trimestral com alta na venda de computadores pessoais

As vendas no segmento de sistemas pessoais, que representam mais de 60% da receita total da HP, aumentaram 2,3%, para US$ 9,66 bilhões no primeiro trimestre fiscal, abaixo da estimativa média de analistas de US$ 9,74 bilhões, segundo dados da IBES Refinitiv.

A HP, que comprou o negócio de impressoras da Samsung em 2017, disse que a receita de seus negócios de impressão caiu marginalmente para US$ 5,06 bilhões, abaixo da estimativa dos analistas de US$ 5,19 bilhões.

O presidente-executivo, Dion Weisler, citou o aumento das incertezas econômicas e a sensibilidade dos clientes ao preço como motivos para a fraqueza no negócio de impressão.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).