Veneza passará a cobrar entrada de turistas

Getty Images
Visitantes de um dia precisarão pagar taxa de € 3

A câmara dos vereadores de Veneza aprovou a criação de uma taxa de entrada a ser cobrada de turistas, com o objetivo de arrecadar recursos para bancar os custos de manutenção gerados pela intensa visitação da cidade italiana.

LEIA MAIS: Conheça os hotéis vencedores do Forbes Travel Guide de 2019

Cerca de 25 milhões de turistas visitam a cidade todos os anos, dos quais cerca de 14 milhões passam apenas um dia no local. Muitos levam seus próprios lanches, sem gerar receita para os negócios locais.

Os vereadores aprovaram por unanimidade a taxa de entrada durante reunião na noite de ontem (26), dizendo que visitantes de um dia agora precisarão pagar € 3 cada para entrar em Veneza este ano.

A soma passará para entre € 6 e € 10 a partir do início de 2020, dependendo da temporada do ano.

“Esse é um momento decisivo para a administração do fluxo de turistas de Veneza”, disse o prefeito Luigi Brugnaro, que tem liderado o plano.

VEJA TAMBÉM: 8 hotéis brasileiros eleitos pelo Forbes Travel Guide 2019

A população de Veneza tem diminuído rapidamente nas últimas décadas, de aproximadamente 175 mil habitantes após a Segunda Guerra Mundial para cerca de 50 mil hoje. Os moradores restantes se queixam de que a cidade está sendo invadida por turistas, enquanto eles precisam pagar a conta da limpeza e segurança.

Turistas que passarem a noite em hotéis locais, que já incluem tributos de visitantes em seus preços, e crianças com menos de seis anos, serão isentos da taxa.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).