Conselho da Cemig GT aprova compra de fatia na Renova

Reuters
Foi aprovada também a venda da eólica Alto Sertão III para a AES Tietê

O Conselho de Administração da Cemig Geração e Transmissão (Cemig GT), subsidiária da elétrica mineira Cemig, aprovou a compra de participação acionária na Renova Energia e, ao mesmo tempo, a venda do complexo eólico Alto Sertão III para a AES Tietê, segundo fato relevante. A empresa destacou que as ações fazem parte de seu plano de reestruturação.

LEIA MAIS: Ex-presidente da Fiat é o novo presidente da Cemig

De acordo com o comunicado, o Conselho da Cemig GT aprovou a compra de ações ordinárias e preferenciais da Renova Energia, de propriedade do CG I Fundo de Investimento em Participações, contemplando ações pertencentes ao bloco de controle da Renova. Em contrapartida, o CG I receberá títulos da dívida emitidos pela Renova e subscritos pela Cemig GT e Light Energia.

“Vamos sanear a empresa para que ela volte a participar de forma competitiva de certames de energia renovável e retome a liderança em geração de energia eólica no país”, afirmou na nota o diretor de Gestão de Participações da Cemig, Daniel Faria Costa.

Em paralelo, o Conselho aprovou orientação de voto na Renova para alienação do Complexo Eólico Alto Sertão III para a AES Tietê Energia e o reperfilamento das dívidas da Renova com os bancos BTG, Citibank e com a Cemig GT e a Light.

Para Faria, a reestruturação da Renova busca equacionar o seu endividamento para expansão da empresa.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).