Ibovespa fecha em queda de 0,08%

Reuters
O Ibovespa recuou 0,08%, a 93.662,01 pontos

A bolsa paulista recuou hoje (25), em meio a um noticiário político conturbado e com os agentes financeiros ainda preocupados com a capacidade de articulação do governo no processo de aprovação da reforma da Previdência.

LEIA MAIS: Ibovespa encerra em queda de mais de 3%

O Ibovespa recuou 0,08%, a 93.662,01 pontos. O volume financeiro somou R$ 14,5 bilhões.

Na última semana, o índice acumulou perda de 5,45%, encerrando a sexta-feira (22) cotado a 93.735,15 pontos, menor patamar desde 11 de janeiro.

Nesta segunda-feira, o desembargador Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), determinou a liberdade do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco, e outros, após terem sido presos na semana passada no âmbito da operação Descontaminação, um desdobramento da operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Para Eduardo Guimarães, especialista em ações da consultoria independente de investimentos Levante, o mercado está colocando um pouco mais de risco na aprovação de reforma, já que o balanço da semana passada foi muito negativo, grande parte devido ao noticiário político do país, que incluiu as prisões de Temer e Moreira Franco. “O governo precisa mostrar um diálogo melhor com o Congresso e um maior comprometimento com a reforma”, afirmou Guimarães.

Em Wall Street, o índice S&P 500 fechou a sessão em leve queda, pressionado pela baixa nas ações da Apple e por preocupações com a desaceleração do crescimento econômico global.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).