Ser Educacional: não há discussão para alienação do controle

iStock
A empresa consultou seu fundador sobre potencial alienação do controle da companhia após notícias a respeito do tema

A Ser Educacional disse hoje (29) que não há qualquer discussão em andamento para alienação de participação do acionista controlador, Janguiê Diniz, conforme fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

LEIA MAIS: Ser Educacional compra Uninorte por R$ 194,8 mi

A empresa consultou seu fundador sobre potencial alienação do controle da companhia após notícias a respeito do tema.

“Nesse sentido, a companhia informa que consultou seu acionista controlador, Sr. José Janguiê Bezerra Diniz, a respeito de tais notícias e foi informada que não há qualquer discussão para alienação de participação em andamento.”

Reportagem do jornal “Valor Econômico” nesta segunda-feira, citando fontes com conhecimento do assunto, afirma que Diniz está aberto a negociar a venda do controle e que teria sido procurado pela CVC Capital Partners nas últimas semanas.

Citando um executivo próximo à companhia, a reportagem afirma que o empresário passou a cogitar a venda, mas quer o dobro do que vale em bolsa.

O atual valor de mercado da Ser na bolsa é de R$ 2,9 bilhões. A participação de Diniz é de 55,54%.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).