Dólar tem leves variações ante real

Reuters
Às 10:34, o dólar operava estável, a R$ 3,9760 na venda

O dólar tem leves variações ante o real hoje (30), com investidores digerindo a contração da economia brasileira no 1º trimestre do ano e trazendo no radar o PIB dos Estados Unidos e desdobramentos da disputa comercial entre EUA e China.

LEIA MAIS: Dólar tem firme queda e fecha abaixo de R$ 4

Às 10:34, a moeda norte-americana operava estável, a R$ 3,9760 reais. Na véspera, a divisa norte-americana fechou em baixa de 1,20%, a R$ 3,9761 na venda, encerrando abaixo dos R$ 4 pela primeira vez em duas semanas. O dólar futuro rondava a estabilidade neste pregão.

Segundo a estrategista de câmbio do banco Ourinvest, Fernanda Consorte, o movimento do câmbio de depreciação neste pregão é uma resposta ao Produto Interno Bruto brasileiro no primeiro trimestre, que mostrou contração na economia pela primeira vez desde 2016.

“O destaque do PIB desse 1º trimestre foi os investimentos, que caíram quase 2% no 1º trimestre ante o trimestre anterior. Isso, na minha opinião, está muito em linha com a confiança dos empresários”, explicou Fernanda.

No exterior, o dólar era fortalecido pela divulgação do PIB norte-americano, que mostrou crescimento de 3,1% da economia no 1º trimestre, em linha com a expectativa.

Embora tenha sido ligeiramente revisado para baixo em relação ao informado antes, o resultado do PIB dos EUA reforça o diagnóstico de que a economia norte-americana segue pujante, avaliou Fernanda, acrescentando que, em sua opinião, isso inclusive eleva o poder de barganha do presidente norte-americano, Donald Trump, no âmbito da disputa comercial com a China.

VEJA TAMBÉM: Dólar recua ante real com otimismo por cena política

Nesta quinta-feira, Trump voltou a dizer que os EUA estão indo bem com a China e que os chineses gostariam de fazer um acordo comercial.

A prolongada disputa comercial entre as duas maiores economias do mundo, no entanto, ainda permanece nas preocupações de agentes financeiros e limitava ganhos de ativos emergentes.

O BC realiza nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de US$ 10,089 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).