Dólar tem maior queda para junho em três anos

Reuters
O dólar à vista fechou o dia em alta de 0,21%, a R$ 3,841 na venda

O dólar subiu hoje (28) e na semana, mas fechou o mês em queda de mais de 2%, reflexo tanto da maior confiança na aprovação da reforma da Previdência quanto na expectativa de aumento de liquidez no mundo a partir de cenário de cortes de juros nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Dólar cai ante o real de olho em cúpula do G20

O dólar à vista fechou o dia em alta de 0,21%, a R$ 3,841 na venda. Na semana, a cotação subiu 0,45%.

Em junho, porém, a moeda cedeu 2,13% – primeira e maior queda mensal desde janeiro (-5,57%). Para meses de junho, é a maior baixa desde 2016 (-11,05%).

No segundo trimestre, a moeda norte-americana acumulou depreciação de 1,90%.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).