Fontes dizem que Via Varejo foi comprada pela família Klein

Reuters
O GPA vendeu sua participação de 36% na varejista em um leilão na B3

O veterano do varejo brasileiro Michael Klein e sua família compraram o controle da Via Varejo, investindo menos do que o inicialmente esperado, afirmaram hoje (14) três fontes com conhecimento do assunto.

LEIA MAIS: GPA levanta R$ 2,3 bi em leilão da Via Varejo

O GPA vendeu sua participação de 36% na varejista em um leilão na B3 realizado mais cedo para um grupo de fundos e para veículos de investimento controlados pela família Klein.

Duas das fontes afirmaram que Klein comprou uma participação com valor menor que os R$ 500 milhões inicialmente esperados. Uma vez que a família já detém 25,4% da Via Varejo, dona das bandeiras Casas Bahia e Ponto Frio, Klein se tornou o maior acionista da empresa, com uma participação próxima de 30%, disseram as fontes.

Procurado, o Grupo CB, que representa a família Klein, não se manifestou sobre o assunto. GPA e Via Varejo não identificaram os compradores da participação.

O restante da participação vendida pelo GPA foi comprada por um grupo não identificado de fundos mútuos assessorados pela XP Investimentos. O GPA afirmou em comunicado ao mercado que o leilão totalizou R$ 2,3 bilhões e que as ações foram vendidas a R$ 4,90 o papel.

A operação encerra dois anos de tentativas de venda da participação pelo GPA, que é controlado pelo grupo varejista francês Casino.

VEJA TAMBÉM: GPA marca leilão de fatia na Via Varejo

As ações da Via Varejo fecharam em queda de 1,4% nesta sexta-feira, cotadas a R$ 4,97.

Klein é acionista relevante da Via Varejo desde que vendeu a rede Casas Bahia, fundada por seu pai na década de 1950, para o GPA em 2009. Ele deve indicar Roberto Fulcherberger como presidente-executivo da Via Varejo e Marcel Cecci como vice-presidente-financeiro, disseram as fontes.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).