Neoenergia pode movimentar até R$ 3,5 bilhões com IPO

Paulo Whitaker/Reuters
Início da negociação das ações é prevista para acontecer em 1º de julho

A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da elétrica Neoenergia poderá movimentar até cerca de R$ 3,5 bilhões com a venda de um lote secundário de 208 milhões de ações, considerando o teto da faixa indicativa de preço da operação divulgada ontem (7), de R$ 14,42 a R$ 16,89 por ação.

LEIA MAIS: Lucro da Neoenergia cresce quase 70% no 1º tri

O cálculo sobre o total não considera a venda de lotes suplementar e adicional, que podem ampliar o lote total vendido em até 35%, tendo como referência a oferta base.

No processo, a Iberdrola venderá 29,7 milhões de ações; o BB Investimentos, 113,4 milhões de papéis, e o fundo de pensão dos funcionários do Bando do Brasil (Previ), 64,9 milhões de títulos.

A fixação do preço do IPO será feita no dia 27 de junho, e o início da negociação das ações está prevista para acontecer na bolsa paulista em 1º de julho, acordo com comunicado da empresa.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).