SpaceX lança foguete Falcon Heavy com 24 satélites

Reuters
Missão foi encomendada pelo Departamento de Defesa dos EUA

A SpaceX lançou o foguete Falcon Heavy hoje (25) do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, carregando 24 satélites experimentais, em um feito que a empresa de Elon Musk chamou de um dos lançamentos mais difíceis que tentou.

LEIA MAIS: Relativity fará fábrica de impressão 3D na Nasa

O foguete decolou em meio a aplausos de espectadores no início da madrugada, em horário local, após um atraso de três horas.

Os propulsores se separaram com segurança e a nave começou a missão de seis horas para posicionar os satélites.

Os foguetes voltaram em segurança para a Terra, pousando em áreas de pouso da força aérea norte-americana, mas o propulsor central errou o alvo, caindo no oceano Atlântico.

Musk, que previu problemas no pouso do propulsor central no navio da SpaceX no Atlântico, disse no Twitter que “foi um tiro no escuro”.

A missão, apelidada de Space Test Program 2 (STP-2), é a terceira do foguete Falcon Heavy, que a SpaceX descreve como o sistema de lançamento mais poderoso do mundo.

VEJA TAMBÉM: Nasa abrirá Estação Espacial para turismo por US$ 50 mi

Ela foi encomendada pelo Departamento de Defesa dos EUA, o principal contratante de empresas espaciais comerciais, como a SpaceX.

A empresa está colocando satélites em órbita para agências como Nasa, a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), laboratórios do Departamento de Defesa, universidades e uma organização sem fins lucrativos, disse a SpaceX.

As cargas dos satélites que a Falcon Heavy está colocando em órbita incluem um relógio atômico que a Nasa está testando para navegação espacial, novas tecnologias de telescópio ainda em teste e um projeto de vela solar parcialmente financiado pela Planetary Society, uma organização sem fins lucrativos liderada por Bill Nye.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).