Polícia francesa faz buscas na Renault em caso Ghosn

Vincent Kessler/Reuters
Autoridades investigam uso de Versailles para casamento do executivo em 2016

A polícia francesa lançou uma operação de busca na sede corporativa da Renault em Boulogne-Billancourt, perto de Paris, o que uma fonte jurídica disse ter relação com uma investigação em andamento que envolve o ex-presidente da empresa Carlos Ghosn e o uso do Palácio de Versailles para a festa de casamento do executivo em 2016. A revista “L’Express” informou hoje (3) que a motivação da busca era o caso Ghosn, que enfrenta acusações de irregularidades financeiras. Ghosn negou quaisquer comportamentos inadequados e foi solto sob fiança após ser preso no Japão.

LEIA MAIS: Em vídeo, Carlos Ghosn acusa Nissan de traição e conspiração

A revista acrescentou que autoridades francesas estavam investigando uma recepção de casamento ocorrida no Palácio de Versailles em 2016 para comemorar a união entre Ghosn e sua segunda esposa, Carole, e uma fonte jurídica confirmou as informações.

A Renault confirmou que a polícia estava revistando suas instalações, mas recusou comentar sobre a motivação da busca. “A Renault confirma que uma busca conduzida pela polícia está em andamento em sua sede em Boulogne-Billancourt e a Renault está cooperando integralmente com as autoridades”, informou a empresa, acrescentando que não faria comentários posteriores sobre o assunto.

Neste ano, a Renault afirmou que havia encontrado evidências de que havia pago parte dos custos do casamento de Ghosn, adicionando que isso se desdobraria em uma investigação para os procuradores.

A festa de Ghosn em Versailles, ocorrida em outubro de 2016, já havia atraído atenção do público pela imponência e pelas vestimentas inspiradas em Maria Antonieta.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).