Usiminas firma termo para renegociação de dívidas

Paulo Whitaker/Reuters
Termo firmado com os bancos formaliza a renegociação de dívidas da Usiminas

A Usiminas firmou termo com Banco do Brasil, Bradesco e Itaú Unibanco que formaliza renegociação de dívidas da companhia com os respectivos bancos brasileiros, entre outros credores, de acordo com fato relevante da siderúrgica divulgado hoje (1).

LEIA MAIS: Usiminas vai investir mais de R$ 1 bi em alto forno

O instrumento denominado ‘Termos e Condições Vinculantes para Alterações em Operações Financeiras’ inclui renegociação de dívidas com Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Japan Bank for International Corporation (JBIC), a Nippon Usiminas Co., o Mizuho Bank Ltd. e outras instituições financeiras japonesas, bem como detentores de debêntures da Usiminas no âmbito da escritura da 6ª emissão pública.

De acordo com o termo firmado e no âmbito da renegociação de dívidas, a siderúrgica realizará, nesta data, por meio da sua subsidiária integral Usiminas International, lançamento de uma emissão de títulos representativos de dívida destinados à colocação no mercado internacional para captação de recursos para a realização de pré-pagamentos integral de sua dívida junto ao BNDES e aos credores japoneses e parcial de sua dívida junto aos debenturistas.”Eventuais recursos remanescentes da emissão serão utilizados para o pré-pagamento parcial da dívida da companhia junto aos bancos brasileiros e/ou debenturistas”, disse a Usiminas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).