Google promete entregas com neutralização de carbono

Arnd Wiegmann/Reuters
A empresa vai compensar as emissões remanescentes com a compra de créditos de carbono

O Google, da Alphabet, anunciou hoje (5) que vai neutralizar as emissões de carbono oriundas de entregas de produtos ao consumidor até o próximo ano e incluir plástico reciclado em todos seus produtos até 2022.

LEIA MAIS: Por que é um bom negócio encontrar falhas no Google

Os novos compromissos aumentam a competição entre empresas de tecnologia com o objetivo de mostrar a consumidores e governos de que estão reduzindo o impacto ambiental de sua crescente rede de dispositivos.

Anna Meegan, diretora de sustentabilidade da divisão de dispositivos e serviços do Google, afirmou que as emissões de carbono ligadas às entregas da empresa caíram 40% no ano passado ante 2017, dependendo mais de navios do que de aviões para transportar celulares, laptops e outros dispositivos. A empresa vai compensar as emissões remanescentes com a compra de créditos de carbono, disse Meegan.

Em um post, o Google se comprometeu a introduzir um pouco de plástico reciclado em 100% de seus produtos até 2022. A sustentabilidade agora faz parte do planejamento de hardware do Google, disse ela. Dispositivos não passarão da segunda fase de projetos se não mostrarem que embalagens, materiais sustentáveis e facilidade de reparo foram observados.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).