Santander Brasil tem lucro recorrente acima do esperado no 3º tri

Lucro de R$ 3,7 bilhões foi impulsionado, principalmente, pelo segmento de varejo

O banco Santander Brasil divulgou resultados do terceiro trimestre que superaram as estimativas dos analistas, impulsionados principalmente pelo segmento de varejo.

LEIA MAIS: Santander Brasil deve ter crescimento anual de 10% na carteira de crédito até 2022

O lucro líquido recorrente, que exclui itens pontuais, alcançou R$ 3,705 bilhões, um aumento de 19,2% em relação ao ano anterior e superior aos R$ 3,48 bilhões que os analistas esperavam, segundo dados da Refinitiv.

Como nos últimos trimestres, o segmento de varejo liderou o lucro líquido do banco. A carteira de crédito alcançou R$ 408,7 bilhões, aumento de 3,7% em relação ao trimestre anterior, puxada pelos empréstimos para compra de automóveis, folhas de pagamento e cartões de crédito. Em empréstimos corporativos, a linha de comércio internacional também cresceu no trimestre.

Apesar da expansão acelerada do crédito, o Santander manteve a qualidade dos ativos. O índice de inadimplência ficou estável em 3%.

VEJA TAMBÉM: Santander Brasil lançará plataforma online de empréstimos

A margem financeira cresceu 3,9% em relação ao ano anterior, para R$ 8,9 bilhões. O banco registrou um retorno sobre o patrimônio líquido no terceiro trimestre de 21,1%, uma queda de 0,2% em relação ao trimestre anterior.

Sergio Rial, presidente do Santander Brasil, divulgou em outubro, pela primeira vez, as metas operacionais do banco. Ele previu que a carteira de empréstimos crescerá mais de 10% ao ano até 2022 e o banco pretende manter um retorno relativamente alto sobre o patrimônio líquido de 21%, disse ele, apesar das taxas de juros mais baixas o Brasil e do aumento da concorrência.

O Santander Brasil também pretende continuar crescendo sua base de clientes em pelo menos 7% ao ano até 2022. O banco encerrou setembro com 25,9 milhões de clientes, adicionando 400 mil novos clientes em um trimestre.

A receita de tarifas também aumentou o lucro do Santander Brasil, pois o banco adicionou novos clientes.

Para superar seus concorrentes, o Santander tem aberto novas agências de pequeno porte dedicadas ao agronegócio e ao microcrédito fora das grandes cidades. Foram adicionadas 15 agências no terceiro trimestre, totalizando 2.317.

Apesar dos fortes resultados do Brasil, o controlador espanhol Banco Santander apresentou um declínio de 75% no lucro do terceiro trimestre, atingido por cobranças pontuais no Reino Unido.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).