Príncipe Harry e Meghan renunciam de funções como membros da família real

Daniel Leal-Olivas/ Pool via REUTERS
Príncipe Harry e Meghan Markle planejam abrir mão de suas funções como membros da família real britânica

O príncipe britânico Harry, neto da rainha Elizabeth, disse ontem (8) que ele e sua esposa norte-americana, Meghan Markle, planejam abrir mão de suas funções como membros da família real britânica e trabalhar para se tornarem financeiramente independentes.

“Planejamos dividir nosso tempo entre o Reino Unido e a América do Norte, continuando a honrar nosso dever com a rainha, a Commonwealth e nossos patronatos”, disseram Harry e Meghan em comunicado divulgado no Instagram nesta quarta-feira.

LEIA MAIS: Conheça a vida de luxo da Rainha Elizabeth II

Harry e Meghan se casaram em maio de 2018 em uma cerimônia no Castelo de Windsor, a oeste de Londres, e em maio de 2019 o casal, conhecido formalmente como o duque e a duquesa de Sussex, tiveram seu primeiro filho, um menino chamado Archie Harrison Mountbatten-Windsor.

Harry, de 35 anos, é atualmente o sexto na linha de sucessão ao trono britânico, e tem havido grande especulação de que ele e Meghan, de 38 anos, pretendem se aposentar da vida pública desde que voltaram neste mês de uma temporada de seis semanas durante as festas de fim de ano no Canadá.

No ano passado, Harry disse ter tido divergências com seu irmão mais velho, o príncipe William, que é segundo na linha de sucessão, e tanto Harry quanto Meghan têm tido uma relação tensa com alguns jornais britânicos.

O casal disse que dividir o tempo entre o Reino Unido e a América do Norte “nos permitirá criar nosso filho com uma apreciação à tradição real na qual ele nasceu, ao mesmo tempo que também dá à nossa família espaço para se concentrar no próximo capítulo”.

Isso incluiria o lançamento de uma nova entidade de caridade, disseram Harry e Meghan, acrescentando que planejam trabalhar para se tornarem financeiramente independentes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).