Banco Central decreta liquidação da financeira Dacasa, de Vitória

ReutersAdriano-Machado
Ato assinado cita graves violações às normas legais

O Banco Central decretou ontem (13) a liquidação extrajudicial da financeira Dacasa, com sede em Vitória (ES), citando a grave situação patrimonial da instituição, com prejuízos que impõem “risco anormal” aos credores.

A corretora Uniletra, que pertence ao mesmo grupo controlador da Dacasa, a Dadalto Administração e Participações, também foi liquidada por causa do vínculo com a financeira.

LEIA MAIS: Especialistas alertam que alta do bitcoin pode ser passageira

Ato assinado pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, cita, além dos problemas patrimoniais, “graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição” por parte da Dacasa.

O BC nomeou liquidantes para as instituições e determinou a indisponibilidade dos bens de seus controladores e ex-administradores.

O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) informou que vai disponibilizar em seu site todas as instruções para que seja realizado o pagamento da garantia aos depositantes e investidores da Dacasa.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).