Lucro líquido da Hypera recua 23% no 4º trimestre

Forbes
No quarto trimestre, a receita líquida ficou praticamente estável, em R$ 928,6 milhões

A Hypera Pharma teve lucro líquido de R$ 238,8 milhões no quarto trimestre de 2019, uma queda de 22,9% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com dados divulgados na noite de sexta-feira (6), quando a empresa também informou projeções para receita e lucro em 2020.

Para o lucro líquido, estima montante ao redor de R$ 1,275 bilhão neste ano, de R$ 1,164 bilhão em 2019, enquanto para a receita líquida a previsão é de que fique entre R$ 4,25 bilhões e R$ 4,35 bilhões, acima dos R$ 3,295 bilhões no ano passado.

VEJA TAMBÉM: Hypera Pharma lança programa de R$ 200 mi para startups de saúde

“Essas projeções … não consideram os resultados oriundos das aquisições recentes do Buscopan e do portfólio selecionado de produtos da Takeda”, disse a Hypera, ponderando que esse prognóstico pode ser revisados após conclusão de tais compras.

No quarto trimestre, a receita líquida ficou praticamente estável (+0,1), em R$ 928,6 milhões. O ‘sell-out’, que considera o preço médio de compra pelas farmácias e redes, cresceu 11,3% nos últimos três meses do ano.

O lucro líquido das operações continuadas caiu 20,4%, a R$ 246,7 milhões. A Hypera também reportou que o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) das operações continuadas caiu 31,7%, a R$ 224,2 milhões.

O fluxo de caixa livre no quarto trimestre foi zero, de R$ 85,8 milhões um ano antes.

No final de 2019, a companhia tinha posição de caixa líquido de R$ 836 milhões. Considerando o pagamento de juros sobre capital próprio declarados ao longo de 2019 e pagos em janeiro de 2020, a posição pro forma de caixa líquido iniciou este ano no patamar de R$ 216,3 milhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).