Estilista de sapatos de luxo Sergio Rossi morre de coronavírus

Alessandro Bianchi/Reuters
Alessandro Bianchi/Reuters

Sapato de luxo do estilista Sergio Rossi, que faleceu ontem na Itália

O estilista italiano de sapatos de luxo Sergio Rossi morreu aos 85 anos depois de ser hospitalizado com coronavírus, disse a prefeita de sua cidade-natal hoje (3).

A Itália tem mais mortes de coronavírus do que qualquer país do mundo – eram 13.915 fatalidades até ontem (2). Os idosos têm sido particularmente vitimados.

LEIA MAIS: Do príncipe de Mônaco a Gabriela Pugliesi: veja as celebridades que testaram positivo para Covid-19

Rossi faleceu ontem na pequena cidade de Cesena, no centro do país.

“Ele esteve entre os fundadores do distrito de calçados femininos de alto nível da área de Forlì e Cesena em meados do século 20”, disse Luciana Garbuglia, prefeita de San Mauro Pascoli, onde Rossi nasceu em 1935 e fundou sua marca.

O grupo de luxo francês Kering assumiu a grife em 1999, e depois a repassou para o fundo de capital privado italiano Investindustrial em 2015, quando Rossi já tinha se aposentado.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).