10 livros mais caros já vendidos

Nos últimos 31 anos, governos, associações, bilionários e colecionadores desembolsaram enormes quantias em leilões por manuscritos raros.

Compartilhe esta publicação:

Apesar de ser uma das artes de mais fácil acesso, em qualquer lugar, para qualquer um, a literatura raramente arrecada montanhas de dinheiro. Entretanto, às vezes, isso muda e a casa dos milhões é atingida com apenas um grupo.

Acessibilidade


Nos últimos 31 anos, governos, bilionários e colecionadores desembolsaram enormes quantias em leilões por manuscritos raros.

Ficou curioso? Conheça na galeria os 10 livros mais caros já vendidos no mundo:

  • 1º) Codex Leicester Leonardo da Vinci (entre 1508 e 1510)

    O bilionário Bill Gates é o proprietário do livro de desenhos científicos de Leonardo da Vinci. Valor: US$ 49,4 milhões

  • 2º) The Gospels of Henry the Lion Order of St. Benedict (“Os Evangelhos de Henrique, o Leão”, em tradução livre – ano: 1188)

    O livro de orações encomendado pelo Duque da Saxônia Henrique, o Leão é patrimônio do governo alemão. Valor: US$ 28 milhões

  • 3º) Magna Carta (ano: 1215)

    Um das 17 cópias ainda existente do documento histórico do século XIII, a Magna Carta passou de um bilionário (Ross Perot) para outro (David Rubenstein), em 2007.Valor: US$ 24,5 milhões

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
  • 4º) St. Cuthbert Gospel (“Evangelho de São Cuterbeto”, em tradução livre - ano: em torno de 698)

    O livro do século VII, uma cópia em latim do evangelho de João, foi encontrado junto ao corpo de São Cuteberto em eu caixão há mais de 900 anos – acredita-se que este é o livro intacto mais antigo da Europa. Hoje em dia pertence à Biblioteca Britânica. Valor: US$ 15 milhões

  • 5º) Bay Psalm Book (“Livro de Salmos da Baía”, em tradução livre – ano: 1640)

    Este foi o primeiro livro impresso na América do Norte. O bilionário David Rubenstein arrematou uma das 11 cópias restantes. Valor: US$ 14,5 milhões

  • 6º) The Rothschild Prayerbook (ano: 1505)

    O manuscrito iluminado mais caro já vendido, o “Rothschild Prayerbook” fazia parte de uma coleção confiscada pelo exército nazista em 1938.Valor: US$ 13,9 milhões

  • 7º) The Birds of America (“As Aves da América” – ano: entre 1827 e 1838)

    O livro reúne centenas de ilustrações do naturalista John James Audebon e foi vendido para Michael Tollemache.Valor: US$ 12,6 milhões

  • 8º) Os Contos da Cantuária (ano: 1387)

    Escrito por Geoffrey Chaucer, o livro é supostamente o primeiro a ser impresso na Inglaterra. Valor: US$ 11 milhões

  • 9º) Constituição dos Estados Unidos (ano: 1797)

    A Constituição norte-americana e outros documentos do primeiro congresso em 1789 como a Carta dos Direitos pertencem a Mount Vernon Ladies Association, uma associação sem fins lucrativos que preserva o Mount Vernon, propriedade onde viveu George Washington. Valor: US$ 10,2 milhões

  • 10º) First Folio of William Shakespeare - Comedies, Histories & Tragedies (ano: 1623)

    O “First Folio” é a primeira coleção de peças teatrais de William Shakespeare e foi chamado pela casa de leilões Christie’s de “o livro mais importante da literatura inglesa”. O livro foi vendido para um comprador anônimo. Valor: US$ 8,2 milhões

1º) Codex Leicester Leonardo da Vinci (entre 1508 e 1510)

O bilionário Bill Gates é o proprietário do livro de desenhos científicos de Leonardo da Vinci. Valor: US$ 49,4 milhões

Compartilhe esta publicação: