15 regiões que mais consomem vinho no mundo

Vaticano está na primeira posição, com impressionantes 54,26 litros por pessoa

Redação
Compartilhe esta publicação:

Os resultados de pesquisas do “Wine Institute”, de novembro de 2015, revelaram que entre as 15 regiões que mais consomem vinho por pessoa, 14 delas estão situadas na Europa. A Cidade do Vaticano está na primeira posição, com consumo médio de 54,26 litros de vinho por pessoa por ano.

Acessibilidade


VEJA MAIS:9 fatos interessantes sobre vinho

A primeira colocação da lista pode parecer uma surpresa porque o pequeno território tem uma demografia incomum, mas seus residentes são mais velhos e possuem hábito de fazer refeições acompanhados de muitas pessoas, além do consumo de vinho da comunhão ser uma prática comum.

O Brasil tem média de 1,7 litro consumidos por pessoa.

Veja na galeria de fotos o ranking e a média de vinho consumido por pessoa por ano:

  • 1. Cidade do Vaticano

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

    Consumo: 54,26 litros por pessoa/ano

  • 2. Andorra

    Consumo: 46,26 litros por pessoa/ano

  • 3.Croácia

    Consumo: 44,2 litros por pessoa/ano

  • 4. Eslovênia

    Consumo: 44, 07 litros por pessoa/ano

  • 5. França

    Consumo: 42,51 litros por pessoa/ano

  • 6. Portugal

    Consumo: 41,74 litros por pessoa/ano

  • 7. Suíça

    Consumo: 40,49 litros por pessoa/ano

  • 8. Macedônia

    Consumo: 40,41 litros por pessoa/ano

  • 9. Moldávia

    Consumo: 34,18 litros por pessoa/ano

  • 10. Itália

    Consumo: 33,30 litros por pessoa/ano

  • 11. Áustria

    Consumo: 30,66 litros por pessoa/ano

  • 12. Uruguai

    Consumo: 29,19 litros por pessoa/ano

  • 13. Grécia

    Consumo: 27,86 litros por pessoa/ano

  • 14. Suécia

    Consumo: 27,51 litros por pessoa/ano

  • 15. Alemanha

    Consumo: 24,84 litros por pessoa/ano

  • Brasil

    Consumo: 1,7 litros por pessoa/ano

1. Cidade do Vaticano

Consumo: 54,26 litros por pessoa/ano

Compartilhe esta publicação: