10 melhores cidades dos EUA para millennials

Um millennial que esteja pensando em se mudar de cidade, provavelmente vai especular sobre certas características do local, como mercado de trabalho, custo de vida e a tendência de dias ensolarados. Mas, talvez, também leve em consideração se a cidade tem uma comunidade vibrante e diversificada.

VEJA TAMBÉM: 3 qualidades que os millennials devem ter para ser contratados

O “Niche”, website que classifica escolas e bairros, divulgou sua lista anual das melhores cidades norte-americanas para millennials. O ranking é feito, por exemplo, a partir de informações como a disponibilidade de bares, cafeterias e restaurantes. Estes fatores são responsáveis por cerca de 40% do peso da classificação.

Entre os demais critérios estão a quantidade de residentes na cidade entre 25 e 34 anos, quantos deles possuem diploma, o custo de vida, a diversidade étnica, geracional e econômica e o nível de empregabilidade. O levantamento é baseado em dados públicos disponíveis em fontes como o censo norte-americano e a Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos Estados Unidos, assim como classificações gerais das cidades feitas por usuários do site.

LEIA MAIS: Conheça as diferenças de percepção sobre Baby Boomers e Millennials

Arlington, que fica no estado da Virgínia, subiu uma posição em relação ao ano passado e se tornou a melhor cidade para os millennials. Com mais de 220.000 pessoas, fica a, aproximadamente, 8 quilômetros de distância de Washington. “Há muitos empregos para os universitários recém-formados”, afirmou um usuário do website. A pesquisa por restaurantes em Arlington pelo “Yelp.com” gera cerca de 5.000 resultados.

Cambridge, em Massachusetts, perdeu a liderança conquistada em 2016 e ocupa agora o 2º lugar. Lar de Harvard e do MIT, a identidade da cidade é altamente associada à vida acadêmica e mais de 110.000 pessoas moram lá. Os usuários do “Niche” postaram elogios ao local por sua diversidade, que alguns dizem ser consequência de suas universidades de primeira linha.
E MAIS: 6 lições que os millennials podem aprender com Albert Einstein

San Francisco, na 3ª posição, é a cidade com melhor classificação da Costa Oeste. Sua economia está forte, mas alguns residentes reclamam que o grande aumento tecnológico está elevando o custo de vida a níveis exorbitantes. Os altos preços imobiliários têm feito com que muita gente se mude para Seattle – cidade que ocupa o 6º lugar do ranking.

Já Minneapolis está na 5ª posição. A cidade de, aproximadamente, 400.000 habitantes, onde as temperaturas chegam a -12°C no inverno, tem uma vida noturna vibrante.

Veja, na galeria a seguir, as 10 melhores cidades norte-americanas para millennials em 2017:

  • 10. Sandy Springs, Geórgia

    Reprodução/Forbes
  • 9. Sunnyvale, Califórnia

  • 8. Berkeley, Califórnia

    Reprodução/Forbes
  • 7. Ann Arbor, Michigan

    Reprodução/Forbes
  • 6. Seattle, Washington

    Reprodução/Forbes
  • 5. Minneapolis, Minnesota

    Reprodução/Forbes
  • 4. Alexandria, Virgínia

    Reprodução/Forbes
  • 3. San Francisco, Califórnia

    Reprodução/Forbes
  • 2. Cambridge, Massachusetts

    Reprodução/Forbes
  • 1. Arlington, Virgínia

    Reprodução/Forbes

10. Sandy Springs, Geórgia

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).