10 países com mais, e menos, mortes por poluição

Segundo estudo, 95% da população mundial respira um ar poluído.

Redação
Compartilhe esta publicação:
10 países com mais, e menos, mortes por poluição iStock
10 países com mais, e menos, mortes por poluição iStock

O relatório do HEI mostra que mais de um terço da população global está exposta à poluição e que os níveis de partículas finas podem exceder 20 vezes as diretrizes de qualidade do ar

Acessibilidade


Segundo o relatório anual State of the Global Air Report, publicado na última terça-feira (17) pelo Health Effects Institute (HEI), 95% da população do planeta respira um ar poluído. A exposição à poluição do ar por um longo período contribuiu para a morte de 6 milhões de pessoas em 2016, com casos registrados de derrames, doenças pulmonares e ataques cardíacos. Depois do cigarro, pressão alta e má nutrição, a poluição atmosférica é a quarta principal causa de mortes nos países em desenvolvimento.

LEIA MAIS: Poluição mata três vezes mais do que AIDS, tuberculose e malária juntas

Apesar de Índia e China terem os maiores índices de morte por poluição, com 1,61 e 1,58 milhão, respectivamente, as estatísticas mostram um cenário diferente quando se considera uma padronização de idade para os óbitos a cada cem mil habitantes. Neste recorte, em 2016, o Afeganistão teve muito mais mortes que a Índia. De fato, é muito mais provável que o ar poluído prejudique os afegãos do que ataques militares. Em Cabul, capital do país, madeira e plástico são queimados em geradores, que emitem uma fumaça que se mistura às emissões de gases da grande quantidade de carros no trânsito.

A situação nas áreas rurais não é muito melhor, pois a população queima combustíveis sólidos para cozinha e sistemas de aquecimento. E o problema não ocorre só no Afeganistão. Embora a imagem estereotipada da poluição atmosférica envolva chaminés, arranha-céus envoltos de fumaça e congestionamentos ruidosos nas megacidades da Índia e da China, boa parte da causa do problema vem de simples fogões e geradores no interior.

O relatório do HEI mostra que mais de um terço da população global está exposta à poluição e que os níveis de partículas finas podem exceder 20 vezes as diretrizes de qualidade do ar. Os países desenvolvidos tiveram sucesso na redução de emissões e níveis de poluição do ar, enquanto os países mais pobres ficaram para trás. A situação não é totalmente irreversível, com a China, em particular, introduzindo medidas de controle mais duras nos últimos anos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Veja, na galeria de fotos a seguir, os países com mais e menos mortes por poluição a cada cem mil habitantes:

  • Países com mais mortes:

    10) Nigéria – 150

    iStock
  • 9) Índia – 195

    iStock
  • 8) Bangladesh – 199

    iStock
  • 7) Paquistão – 207

    iStock
  • 6) Coréia do Norte – 249

    iStock
  • 5) Chade – 252

    iStock
  • 4) Níger – 267

    iStock
  • 3) República Centro-Africana – 320

    iStock
  • 2) Papua-Nova Guiné – 322

    iStock
  • 1) Afeganistão – 406

    iStock
  • Países com menos mortes:

    23) Brasil – 34

    iStock
  • 10) Irlanda – 18

    iStock
  • 8) Suíça – 14 (empate)

    iStock
  • 8) Espanha – 14 (empate)

    iStock
  • 7) França – 13 (empate)

    iStock
  • 5) Noruega – 13 (empate)

    iStock
  • 5) Japão – 13 (empate)

    iStock
  • 4) Finlândia – 10

    iStock
  • 3) Canadá – 12

    iStock
  • 1) Austrália – 8 (empate)

    iStock
  • 1) Suécia – 8 (empate)

Países com mais mortes:

10) Nigéria – 150

Compartilhe esta publicação: