Os clubes de futebol que mais geraram receita em 2018

Pela primeira vez, o Real Madrid foi o clube de futebol que mais gerou receita ao redor do mundo na temporada 2017/18, segundo um novo relatório da Deloitte Football Money League 2019, que divulgou um ranking com os 20 clubes que mais arrecadaram.

LEIA MAIS: Os jogadores de futebol mais valiosos do início de 2019

O gigante espanhol, que ganhou a liga Champions League pela terceira vez consecutiva, gerou uma receita recorde de € 750,9 milhões (US$ 854,8 milhões) no período analisado.

A segunda colocação ficou com o Barcelona, que está liderando a La Liga, com uma receita de € 690,4 milhões (US$ 785,5 milhões), seguido pelo Manchester United, que ficou em primeiro na lista anterior. Desta vez, sua arrecadação foi de € 666 milhões (US$ 758 milhões).

Neste ano, os 20 clubes do ranking conseguiram um recorde, com uma receita total de € 8,3 bilhões (US$ 9,4 bilhões), um crescimento de 6% em comparação ao ano passado. Os três primeiros geraram € 2,1 bilhões (US$ 2,3 bilhões)

A transmissão dos jogos foi novamente a maior fonte de renda (43% da receita total), seguida por acordos comerciais (que cresceu para 40%) e vendas de ingressos e outros produtos nos estádios dos times (17%).

A receita gerada pelo Real Madrid cresceu em mais de € 75 milhões (US$ 85,4 milhões), graças a uma parcela de € 54,8 milhões (US$ 62,4 milhões) em acordos comerciais, incluindo um aumento em patrocínios, vendas de produtos oficiais e ingressos de amistosos.

VEJA TAMBÉM: Os 50 times de futebol mais valiosos da América em 2018

“Entre os 10 primeiros colocados, estão clubes que passaram para a próxima fase do campeonato UEFA Champions League, gerando uma receita maior para cada um, o que significa que a performance do time nos jogos pode ter um impacto no ranking do ano que vem”, afirma Dan Jones, parceiro do Grupo de Negócios Esportivos da Deloitte.
A temporada de 2017/18 foi positiva para os clubes britânicos, e os times que compõem a liga inglesa Premier League dominaram o ranking, com clubes como Manchester United (3°), Manchester City (5°), Liverpool (7°), Chelsea (8°), Arsenal (9°) e Tottenham Hotspur (10°) em boas colocações.

Após desembolsar centenas de milhões de dólares nos atacantes Neymar Jr. e Kylian Mbappé, o clube francês Paris Saint-Germain teve um aumento de 12% nas vendas do estádio e 14% em acordos comerciais, arrecadando um total de € 541,7 milhões (US$ 616,9 milhões), o que o deixou em 6° lugar.

“Nossa pesquisa identificou o potencial que uma estrela do futebol pode trazer para a receita gerada por um clube. No ranking do ano que vem, veremos como a contratação de Cristiano Ronaldo beneficiará o Juventus, que está fora dos 10 primeiros colocados desde a temporada de 2011/12”, diz Sam Boor, gerente do Grupo de Negócios Esportivos da Deloitte.

Veja, na galeria de fotos abaixo, os 20 clubes de futebol que mais geraram receita na temporada de 2017/18:

  • 1. Real Madrid (Espanha)
    Receita na temporada de 2017/18: € 750,9 milhões (US$ 854,8 milhões)

  • 2. FC Barcelona (Espanha)
    Receita na temporada de 2017/18: € 690,4 milhões (US$ 785,8 milhões)

  • 3. Manchester United (Inglaterra)
    Receita na temporada de 2017/18: € 666 milhões (US$ 758 milhões)

  • 4. Bayern Munich (Alemanha)
    Receita na temporada de 2017/18: € 629,2 milhões (US$ 716,4 milhões)

  • 5. Manchester City (Inglaterra)
    Receita na temporada de 2017/18: € 568,4 milhões (US$ 647,1 milhões)

  • 6. Paris Saint-Germain (França)
    Receita na temporada de 2017/18: € 541,7 milhões (US$ 616,7 milhões)

  • 7. Liverpool (Inglaterra)
    Receita na temporada de 2017/18: € 513,7 milhões (US$ 584,8 milhões)

  • 8. Chelsea (Inglaterra)
    Receita na temporada de 2017/18: € 505,7 milhões (US$ 575,7 milhões)

  • 9. Arsenal (Inglaterra)
    Receita na temporada de 2017/18: € 439,2 milhões (US$ 500,1 milhões)

  • 10. Tottenham Hotspur (Inglaterra)
    Receita na temporada de 2017/18: € 428,3 milhões (US$ 487,7 milhões)

  • 11.Juventus (Itália):
    Receita na temporada de 2017/18: € 394,9 milhões (US$ 449,6 milhões)

  • 12. Borussia Dortmund (Alemanha):
    Receita na temporada de 2017/18: € 317,2 milhões (US$ 361,1 milhões)

  • 13. Atlético de Madrid (Espanha):
    Receita na temporada de 2017/18: € 304,4 milhões (US$ 346,6 milhões)

  • 14. Internazionale (Itália):
    Receita na temporada de 2017/18: € 280,8 milhões (US$ 319,7 milhões)

  • 15. AS Roma (Itália):
    Receita na temporada de 2017/18: € 250 milhões (US$ 284,6 milhões)

  • 16. Schalke 04 (Alemanha):
    Receita na temporada de 2017/18: € 243,8 milhões (US$ 277,6 milhões)

  • 17. Everton (Inglaterra):
    Receita na temporada de 2017/18: € 212,9 milhões (US$ 242,4 milhões)

  • 18. AC Milan (Itália):
    Receita na temporada de 2017/18: € 207,7 milhões (US$ 236,5 milhões)

  • 19. Newcastle United (Inglaterra):
    Receita na temporada de 2017/18: € 201,5 milhões (US$ 229,4 milhões)

  • 20. West Ham (Inglaterra):
    Receita na temporada de 2017/18: € 197,9 milhões (US$ 225,3 milhões)

1. Real Madrid (Espanha)
Receita na temporada de 2017/18: € 750,9 milhões (US$ 854,8 milhões)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).