Os 20 times de futebol mais valiosos do mundo em 2019

Getty Images
Real Madrid ocupa o topo da lista, seguido por Barcelona e Manchester United

Resumo:

  • A lista dos times de futebol mais valiosos do mundo em 2019 traz 20 equipes e um destaque para os clubes que compõem a Liga dos Campeões;
  • Com o crescimento da audiência e do patrocínio, o valor médio das 20 equipes é de US$ 1,75 bilhão, 3,4% a mais que no ano passado;
  • Com valor estimado em US$ 4,24 bilhões, o Real Madrid conquistou o topo da lista, após sua terceira vitória consecutiva da Liga dos Campeões.

O lucro não tem fim para os times de futebol mais valiosos do mundo, já que cada vez mais fãs são atraídos, particularmente, pelas equipes que compõem a Liga dos Campeões.

LEIA MAIS: Lições de liderança do futebol para o mundo corporativo

De olho nisso, os patrocinadores pagam mais e mais para serem associados a estes times, cientes de que os jogadores são ótimas vitrines para suas marcas.

Recentemente, o Real Madrid fechou o patrocínio da Providence Equity, por um valor inicial de US$ 224 milhões nos primeiros quatro anos do acordo. A última temporada também marcou o início do contrato do Barcelona com o grupo Rakuten, por US$ 246 milhões, assim como o início de um contrato de dez anos com a Nike, no valor de US$ 174 milhões. No final de 2018, o Juventus anunciou uma extensão com a Adidas, em um contrato de US$ 457 milhões com duração de oito anos.

Direitos de mídia também tem crescido como fonte de arrecadação, especialmente, para a Liga dos Campeões. Em 2017, a Turner e a Univision compraram os direitos norte-americanos para a Liga dos Campeões em um acordo de três anos, começando pelo torneio de 2018-2019, por cerca de US$ 100 milhões por ano, quase o dobro do que a Fox pagava. O prêmio em dinheiro desta temporada, distribuído entre todas as equipes que participaram dos jogos, bateu um recorde de US$ 2,28 bilhões, 30% a mais do que no ano anterior. Os dois finalistas, Liverpool e Tottenham Hotspur, devem ganhar entre US$ 117 milhões e US$ 104 milhões.

A arrecadação via transmissão televisiva também tem aumentado para a maioria das ligas domésticas e pacotes internacionais. Plataformas de streaming também servem para trazer mais alguns dólares (como a Amazon) ou expandir o público do esporte (Facebook).

O aumento da renda das equipes é o motivo pelo qual jogadores de futebol e gerentes têm ganhado mais.

VEJA TAMBÉM: Os clubes de futebol que mais geraram receita em 2018

A próxima fonte de arrecadação pode ser em direitos para ter a marca no nome do estádio. Segundo um estudo recente da consultoria Duff and Phelps, seis times (Bournemouth, Arsenal, Brighton and Hove Albion, Huddersfield Town, Leicester City e Manchester City) da Premier League inglesa assinaram um contrato do tipo na temporada passada, no valor de US$ 57 milhões. Duff and Phelps diz acreditar que as outras 14 equipes restantes perdem US$ 127 milhões por ano ao deixar de fazer contrato de direitos sobre o nome do estádio. Só o Manchester United deixa de lucrar US$ 35 milhões.

O valor médio das 20 equipes de futebol mais valiosas do mundo é de US$ 1,75 bilhão, 3,4% a mais que no ano passado. A receita média e o lucro operacional (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) das 20 equipes mais valiosas durante a temporada 2017-2018 foram de US$ 499 milhões e US$ 77 milhões, respectivamente.

Depois de um hiato de dois anos como a equipe mais valiosa do futebol, o Real Madrid está de volta ao topo, com valor estimado em US$ 4,24 bilhões. O time ganhou US$ 100 milhões após seu terceiro título consecutivo da Liga dos Campeões em 2018 e está prestes a assinar o acordo mais lucrativo da história do futebol: US$ 1,8 bilhão, com duração de 12 anos, com a Adidas.

O Top 5 fica completo com Barcelona (US$ 4 bilhões), Manchester United (US$ 3,8 bilhões), Bayern de Munique (US$ 3 bilhões) e Manchester City (US$ 2,69 bilhões).

Para o cálculo da lista, as fontes de renda foram separadas em quatro categorias: dia de jogo, transmissão, comercial e marca. Real Madrid, Barcelona e Manchester United são os únicos a integrarem o Top 5 de todas as categorias. Bayern de Munique conseguiu uma colocação em três listas; Manchester City, em duas; e Arsenal e Chelsea, em uma cada um.

E MAIS: Os jogadores de futebol mais valiosos do início de 2019

Os números utilizados foram convertidos em dólares norte-americanos com base nas taxas de câmbio médias da temporada 2017-2018. O valor de uma equipe diz respeito ao valor da empresa (patrimônio líquido e dívida líquida) e é calculado em euros e convertido em dólares americanos e libras esterlinas com base nas taxas de câmbio de 19 de abril de 2019.

A maioria dos dados foi obtida dos relatórios anuais das equipes. Também foram analisadas algumas informações do relatório “Football Money League” da Deloitte (útil para categorizar as receitas) e do site “Swiss Ramble” (instrutivo para receita operacional).

Veja, na galeria de fotos abaixo, os times de futebol mais valiosos do mundo em 2019:

  • 20. Newcastle United

    Valor: US$ 381 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: não houve
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 240 milhões
    Lucro operacional: US$ 79 milhões

  • 19. Everton

    Valor: US$ 476 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: 32%
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 254 milhões
    Lucro operacional: US$ -11 milhões

  • 18. AC Milan

    Valor: US$ 583 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: -5%
    Dívida: 42%
    Receita: US$ 248 milhões
    Lucro operacional: US$ -27 milhões

  • 17. West Ham United

    Valor: US$ 616 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: -18%
    Dívida: 10%
    Receita: US$ 236 milhões
    Lucro operacional: US$ 49 milhões

  • 16. AS Roma

    Valor: US$ 622 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: 1%
    Dívida: 41%
    Receita: US$ 298 milhões
    Lucro operacional: US$ 25 milhões

  • 15. Inter de Milão

    Valor: US$ 672 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: 11%
    Dívida: 50%
    Receita: US$ 335 milhões
    Lucro operacional: US$ 73 milhões

  • 14. Schalke 04

    Valor: US$ 693 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: -3%
    Dívida: 12%
    Receita: US$ 291 milhões
    Lucro operacional: US$ 13 milhões

  • 13. Borussia Dortmund

    Valor: US$ 896 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: -1%
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 379 milhões
    Lucro operacional: US$ 14 milhões

  • 12. Atlético de Madri

    Valor: US$ 953 milhões
    Variação em relação ao ano anterior: 12%
    Dívida: 23%
    Receita: US$ 363 milhões
    Lucro operacional: US$ 38 milhões

  • 11. Paris Saint-Germain

    Valor: US$ 1,092 bilhão
    Variação em relação ao ano anterior: 12%
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 646 milhões
    Lucro operacional: US$ 53 milhões

  • 10. Juventus

    Valor: US$ 1,512 bilhão
    Variação em relação ao ano anterior: 3%
    Dívida: 9%
    Receita: US$ 480 milhões
    Lucro operacional: US$ 47 milhões

  • 9. Tottenham Hotspur

    Valor: US$ 1,624 bilhão
    Variação em relação ao ano anterior: 31%
    Dívida: 37%
    Receita: US$ 511 milhões
    Lucro operacional: US$ 212 milhões

  • 8. Liverpool

    Valor: US$ 2,183 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: 12%
    Dívida: 3%
    Receita: US$ 613 milhões
    Lucro operacional: US$ 128 milhões

  • 7. Arsenal

    Valor: US$ 2,268 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: 1%
    Dívida: 11%
    Receita: US$ 520 milhões
    Lucro operacional: US$ 102 milhões

  • 6. Chelsea

    Valor: US$ 2,576 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: 25%
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 597 milhões
    Lucro operacional: US$ 127 milhões

  • 5. Manchester City

    Valor: US$ 2,688 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: 9%
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 678 milhões
    Lucro operacional: US$ 168 milhões

  • 4. Bayern de Munique

    Valor: US$ 3,024 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: -1%
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 751 milhões
    Lucro operacional: US$ 129 milhões

  • 3. Manchester United

    Valor: US$ 3,808 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: -8%
    Dívida: 19%
    Receita: US$ 795 milhões
    Lucro operacional: US$ 238 milhões

  • 2. Barcelona

    Valor: US$ 4,021 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: -1%
    Dívida: 0%
    Receita: US$ 824 milhões
    Lucro operacional: US$ -37 milhões

  • 1. Real Madrid

    Valor: US$ 4,239 bilhões
    Variação em relação ao ano anterior: 4%
    Dívida: 1%
    Receita: US$ 896 milhões
    Lucro operacional: US$ 112 milhões

20. Newcastle United

Valor: US$ 381 milhões
Variação em relação ao ano anterior: não houve
Dívida: 0%
Receita: US$ 240 milhões
Lucro operacional: US$ 79 milhões

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).