Neymar é o 3º atleta mais bem pago do mundo

Aurelien Meunier/ GettyImages
Neymar foi contratado pelo Paris Saint-Germain até 2022 com um salário de US$ 350 milhões

Apesar dos escândalos e problemas dentro e fora de campo, aos 27 anos, Neymar subiu duas posições e chegou à terceira posição no ranking geral da Forbes dos Atletas Mais Bem Pagos do Mundo em 2019, com salário/bônus estimado em US$ 75 milhões e patrocínio de US$ 30 milhões (total de US$105 milhões), atrás de Cristiano Ronaldo, na segunda posição (US$ 109 milhões), e Lionel Messi, na primeira (US$ 127 milhões).

VEJA TAMBÉM: 10 atletas mais bem pagos do mundo em 2018

Em 2018, o atacante já ocupava o terceiro lugar na modalidade futebol e quinto no ranking geral, com o lutador de artes marciais Conor McGregor e o boxeador norte-americano Floyd Mayweather à frente. Os ganhos do jogador em 2018 foram de US$ 71 milhões em salários/bônus e US$ 19 milhões em patrocínios, total de US$ 90 milhões.

Atualmente afastado da Copa América por uma lesão no tornozelo e às voltas com uma acusação de estupro, o jogador foi contratado pelo Paris Saint-Germain até 2022 com um salário de US$ 350 milhões. A ida do ex-atacante do Barcelona para o time francês em 2017 custou ao PSG US$ 263 milhões e ainda é considerada a transferência mais cara do mundo.

Veja, na galeria de fotos abaixo, os 10 atletas mais bem pagos do mundo em 2019:

  • 10. Kevin Durant, norte-americano

    Ganho total: US$ 65,4 milhões
    Salários/Bônus: US$ 30,4 milhões
    Patrocínios: US$ 35 milhão
    Modalidade: basquete

  • 9. Stephen Curry, norte-americano

    Ganho total: US$ 79,8 milhões
    Salários/Bônus: US$ 37,8 milhões
    Patrocínios: US$ 42 milhão
    Modalidade: basquete

  • 8. LeBron James, norte-americano

    Ganho total: US$ 89 milhões
    Salários/Bônus: US$ 36 milhões
    Patrocínios: US$ 53 milhão
    Modalidade: basquete

  • 7. Aaron Rodgers, norte-americano

    Ganho total: US$ 89,3 milhões
    Salários/Bônus: US$ 80,3 milhões
    Patrocínios: US$ 9 milhão
    Modalidade: futebol americano

  • 6. Russell Wilson, norte-americano

    Ganho total: US$ 89,5 milhões
    Salários/Bônus: US$ 80,5 milhões
    Patrocínios: US$ 9 milhão
    Modalidade: futebol americano

  • 5. Roger Federer, suíço

    Ganho total: US$ 93,4 milhões
    Salários/Bônus: US$ 7,4 milhões
    Patrocínios: US$ 86 milhão
    Modalidade: tênis

  • 4. Canelo Alvarez, mexicano

    Ganho total: US$ 94 milhões
    Salários/Bônus: US$ 92 milhões
    Patrocínios: US$ 2 milhão
    Modalidade: boxe

  • 3. Neymar, brasileiro

    Ganho total: US$ 105 milhões
    Salários/Bônus: US$ 75 milhões
    Patrocínios: US$ 30 milhão
    Modalidade: futebol

  • 2. Cristiano Ronaldo, português

    Ganho total: US$ 109 milhões
    Salários/Bônus: US$ 65 milhões
    Patrocínios: US$ 44 milhão
    Modalidade: futebol

  • 1. Lionel Messi, argentino

    Ganho total: US$ 127 milhões
    Salários/Bônus: US$ 92 milhões
    Patrocínios: US$ 35 milhão
    Modalidade: futebol

10. Kevin Durant, norte-americano

Ganho total: US$ 65,4 milhões
Salários/Bônus: US$ 30,4 milhões
Patrocínios: US$ 35 milhão
Modalidade: basquete

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).