Warren Buffett compra Precision Castsparts por US$ 32,3 bilhões

Antonie Gara
Compartilhe esta publicação:
warren-buffett-bershire-getty

Getty Images

Acessibilidade


Na última segunda-feira (10), a empresa Berkshire Hathaway, do investidor norte-americano Warren Buffett, confirmou a compra da companhia Precision Castsparts Corp., fabricante de equipamentos aeroespaciais e de energia, por aproximadamente US$ 32,3 bilhões (R$ 112 bilhões). A notícia finalmente colocou fim às especulações sobre as negociações que estavam sendo feitas entre as duas gigantes multinacionais.

Buffett, que irá pagar US$ 235 por ação pelos papeis da empresa em circulação, se comprometeu a assumir a dívida líquida de US$ 5 bilhões da Precision, que manterá seu nome e sua sede em Portland, no estado norte-americano de Oregon.

MAIS SOBRE WARREN BUFFET: Warren Buffett doa mais US$ 2,8 bilhões à caridade

A Berkshire Hathaway, companhia bilionária que supervisiona e gerencia um conjunto de empresas subsidiárias, é conhecida por realizar importantes transições com negócios milionários ao redor do mundo. Essa nova compra foi considerada com a maior aquisição da história da corporação.

Sobre o acordo, Buffett afirmou em um comunicado à imprensa que há tempos admirava e analisava as operações da Precison. “Não é a toa que empresa é reconhecida mundialmente dentro do setor de indústrias aeroespaciais, por ser uma das maiores fontes de exportações dos Estados Unidos”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

De acordo com Mark Donegan, CEO da Precision, essa transição oferece grande valor aos acionistas da empresa e permite que seus funcionários continuem operando da mesma maneira que vêm fazendo há anos. “Eles seguirão trabalhando de forma excepcional, de forma a gerar ótimos resultados aos nossos clientes e investidores”.

O acordo envolveu o conselho de ambas as empresas, que aprovaram por unanimidade a transação. A conclusão do negócio está prevista para o primeiro trimestre de 2016.

Compartilhe esta publicação: