Em até 10 anos, McDonald’s só comprará ovos de galinhas criadas fora de gaiolas

Rede estabeleceu meta para Estados Unidos e Canadá, onde compra dois bilhões de unidades anualmente.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

Getty Images

Acessibilidade


Na manhã desta quarta-feira (9), os McDonald’s dos Estados Unidos e do Canadá anunciaram que irão trabalhar apenas com ovos de galinhas criadas fora de gaiolas, técnica chamada “cage-free” (“livre de gaiolas”, em tradução livre), até a próxima década. Esta é mais uma tentativa da empresa de se afastar do conceito de junk food.

“Nossa decisão de usar apenas usar ovos vindos de galinhas criadas fora das gaiolas reforça o foco da qualidade do nosso cardápio”, afirmou o presidente da rede nos EUA, Mike Andres.

VEJA TAMBÉM: McDonald’s tem queda de vendas no segundo trimestre de 2015

A prática não é novidade na rede. Desde 2011, o McDonald’s compra 13 milhões de ovos cage-free por ano nos EUA e 120 milhões no Canadá. No entanto, este número é pequeno se considerado os dois bilhões de ovos comprados ao ano para os dois países.

Além disso, também não é uma novidade entre os concorrentes. O Burger King pretende comprar apenas ovos cage-free até 2017, uma meta estabelecida há três anos, em 2012.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: