Odebrecht vende participação em megaprojeto argentino

Brasileira tem 33% em negócio de soterramento de linha de trens

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Reprodução
Reprodução

A Odebrecht cederá sua parte à italiana Ghella (Reprodução)

Acessibilidade


A construtora Odebrecht concordou em vender sua parte das ações de um megaprojeto argentino de soterramento, no momento em que é investigada pela Justiça do país pelo pagamento de subornos como parte do gigantesco escândalo de corrupção em que a empresa está envolvida, informou a mídia local nesta quinta-feira (29).

LEIA MAIS: Campanha de presidente da Colômbia é suspeita de receber dinheiro da Odebrecht

A Odebrecht, que conta com 33% de participação em uma obra para soterrar uma linha de trens na capital argentina e no oeste da região da Grande Buenos Aires, cederá sua parte à italiana Ghella, segundo os jornais “La Nación” e “El Cronista”.

O valor da transação não foi revelado e a Odebrecht disse à Reuters que não iria falar sobre o assunto.

A empresa está sendo investigada pelo pagamento de subornos nos Estados Unidos, na Suíça e em diversos outros países da América Latina, como parte do escândalo de corrupção que gerou uma profunda crise política no Brasil.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: