Produções da Netflix atraem mais assinantes do que o esperado

Empresa já ganhou mais de 7 milhões de novos clientes em 2018

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

Números tranquilizam os investidores que apostam que o alto investimento da empresa pioneira de streaming de vídeo vai impulsionar o crescimento em todo o mundo.

Acessibilidade


A nova programação da Netflix atraiu uma alta surpreendente de 7,4 milhões de novos clientes de janeiro a março, tranquilizando os investidores que apostam que o alto investimento da empresa pioneira de streaming de vídeo vai impulsionar o crescimento em todo o mundo.

VEJA TAMBÉM: Número de usuários da Netflix chegará a 262 milhões em uma década

As ações da Netflix subiram mais de 7% nesta segunda-feira (16), para US$ 330,30. Ao todo, as ações subiram 65% neste ano.

Wall Street esperava que a Netflix atraísse 6,5 milhões de novos assinantes, segundo dados da FactSet. A Netflix superou o número e disse que traria mais 6,2 milhões de clientes no período de abril a junho, um milhão a mais que as previsões dos analistas.

A Netflix está investindo cerca de US$ 8 bilhões em programas de TV e filmes em 2018. À medida que se expandiu para cerca de 190 países, os investidores aceitaram fluxo de caixa negativo em troca do potencial de crescimento descomunal nos próximos anos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A capitalização de mercado da empresa é de US$ 137,2 bilhões, mais que o dobro do ano anterior.

LEIA: Netflix perde US$ 39 mi por escândalo envolvendo Kevin Spacey

Entretanto, a companhia enfrenta uma concorrência crescente uma vez que empresas de tecnologia, como a Apple e a Amazon.com, investem em programas premium, rivais internacionais entram em streaming e empresas tradicionais de mídia buscam clientes digitais.

A Walt Disney deixará de fornecer novos filmes para a Netflix a partir do próximo ano e iniciará seu próprio serviço de streaming para as famílias.

Compartilhe esta publicação: