São Martinho incorpora a Usina Boa Vista

Até então, unidade era operada por meio de uma joint venture com a Petrobras

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:

Grupo São Martinho incorpora Usina Boa Vista

Acessibilidade


O Grupo São Martinho, um dos maiores do setor sucroenergético brasileiro, comunicou na noite de ontem (2) que seus acionistas aprovaram a incorporação total da Usina Boa Vista, em Quirinópolis (GO), de acordo com fato relevante divulgado ao mercado.

VEJA TAMBÉM: Excesso de oferta de açúcar leva usinas a buscarem alternativas

A unidade era operada anteriormente pelo Grupo São Martinho em uma joint venture com a Petrobras, mas a parceria acabou no fim de 2016, com a companhia de açúcar e etanol adquirindo a participação da petroleira. Com a incorporação, a Usina Boa Vista S.A. será extinta.

Em fevereiro, a Petrobras vendeu 24 milhões de ações do grupo sucroenergético, obtendo R$ 444,2 milhões e encerrando de vez sua participação no São Martinho.

O Grupo São Martinho tem capacidade aproximada de moagem de 24 milhões de toneladas de cana por safra. Além da Usina Boa Vista, possui também a São Martinho, em Pradópolis (SP), a Iracema, em Iracemápolis (SP), e a Santa Cruz, em Américo Brasiliense (SP).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: