"Vingadores: Guerra Infinita" quebra recorde

Nas parciais, filme já tem o melhor primeiro final de semana da história dos cinemas dos EUA.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
"Vingadores: Guerra Infinita" quebra recorde (Divulgação)
"Vingadores: Guerra Infinita" quebra recorde (Divulgação)

“Vingadores: Guerra Infinita” faturou US$ 250 milhões em 4.474 salas de cinema nos EUA logo no fim de semana de estreia

Acessibilidade


Os “Vingadores” se reuniram com toda força também nas bilheterias deste fim de semana. O filme “Vingadores: Guerra Infinita” tomou de assalto a América do Norte faturando US$ 250 milhões em 4.474 salas de cinema logo no fim de semana de estreia, quebrando recordes.

LEIA MAIS: 32 filmes que, como “Pantera Negra”, arrecadaram mais de US$ 1 bilhão em bilheteria

Embora os números de “Vingadores: Guerra Infinita” ainda possam mudar antes da contagem oficial, essa parcial já supera “Star Wars: O despertar da força” como maior fim de semana de estreia de todos os tempos nos EUA. “Star Wars” abocanhou US$ 248 milhões em bilheteria em 2015.

O filme de super-heróis, que teve orçamento entre US$ 300 milhões e US$ 400 milhões, arrecadou globalmente US$ 630 milhões, fazendo com que a película tenha o fim de semana inaugural mais bem-sucedido em bilheteria global de todos os tempos, mesmo sem a estreia na China ainda.

Antes de “Guerra Infinita”, o primeiro “Vingadores” teve a melhor estreia até hoje para um filme da Marvel, com arrecadação de US$ 207,4 milhões. Sua sequência, “Era de Ultron”, amealhou US$ 191 milhões no mesmo período. O primeiro filme arrecadou US$ 623 milhões ao todo na América do Norte, enquanto o segundo rendeu US$ 459 milhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Joe e Anthony Russo são os diretores do filme, baseado num roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeely. “Guerra Infinita” se passa dois anos após os eventos de “Capitão América: Guerra Civil” com os Vingadores se unindo aos Guardiões da Galáxia para impedir o maligno Thanos (Josh Brolin) de dominar o sistema intergaláctico.

O elenco heroico inclui o Homem de Ferro Robert Downey Jr., o Thor Chris Hemsworth, o Capitão América Chris Evans, a Viúva Negra Scarlett Johansson, o Pantera Negra Chadwick Boseman, o Senhor das Estrelas Chris Pratt, o Doutor Estranho Benedict Cumberbatch e o Hulk Mark Ruffalo.

VEJA TAMBÉM: Pantera Negra ultrapassa US$ 1 bilhão em bilheteria

Sem outros filmes estreando no mesmo fim de semana de “Guerra Inifita”, “Um Lugar Silencioso”, da Paramount Pictures, garantiu o segundo lugar em bilheteria com US$ 10,6 milhões em 3.565 salas. O suspense, dirigido por John Krasinski e co-estrelado por Krasinski e Emily Blunt, surpreende com uma bilheteria total de US$ 148 milhões em quatro semanas. Devido ao grande sucesso do filme, o diretor executivo da Paramount, Jim Gianopulos, anunciou que uma sequência já está em andamento.

Em terceiro lugar, “Sexy por Acidente”, da STX, arrecadou US$ 8 milhões em 3.440 cinemas neste que é o seu segundo final de semana em cartaz. Agora, a mais recente comédia de Amy Schumer já ameahou US$ 29 milhões em bilheteria. Enquanto isso, “Rampage: Destruição Total”, de Dwayne Johnson, caiu para o quarto lugar, arrecadando US$ 7,1 milhões em 3.508 localidades. O filme de ação da Warner Bros. faturou US$ 77,9 milhões no país ao longo de suas três semanas em exibição.

Finalizando o Top 5 do fim de semana está outro título da Marvel, “Pantera Negra”. Em seu 11º fim de semana em cartaz, o filme faturou US$ 4,6 milhões, elevando a arrecadação total doméstica para US$ 688 milhões de dólares. Globalmente, “Pantera Negra” rendeu US$ 1,3 bilhão. Com a estreia massiva da “Guerra Infinita”, os 19 títulos da Marvel arrecadaram, juntos, US$ 15 bilhões de dólares em todo o mundo.

“Guerra Infinita” acendeu uma faísca nas bilheterias. Antes deste fim de semana, a bilheteria estava 2,8% abaixo da média anual. Após este fim de semana, a bilheteria de 2018 subiu 3,2% em comparação com 2017, de acordo com a ComScore.

“Vingadores: Guerra Infinita” demonstrou mais um poder de super-herói da Marvel”, disse Paul Dergarabedian, analista da ComScore. “A capacidade de reverter um ano de bilheteria com um único golpe e literalmente mudar as fortunas de bilheteria de Hollywood quase da noite para o dia”.

Compartilhe esta publicação: