Lucro líquido da Azul soma R$ 210,5 mi no 1º trimestre

Número alcança aumento de 260% em relação ao ano anterior

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A receita líquida da Azul nos três primeiros meses do ano subiu 17,8%, a R$ 2,2 bilhões

Acessibilidade


A companhia aérea Azul divulgou hoje (10) lucro líquido de R$ 210,5 milhões no primeiro trimestre, um salto de 260% ante o mesmo período de 2017.

LEIA MAIS: United Airlines eleva participação na Azul para 8%

O resultado operacional da Azul medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e aluguel de aeronaves (Ebitdar) subiu 20,8% na comparação anual, para R$ 684,2 milhões, com margem de 30,9%.

Já o lucro antes de juros e impostos (Ebit) avançou 31,9%, para R$ 275,9 milhões, e a margem Ebit subiu 1,4%, para 12,5%. “Este foi um resultado operacional recorde no primeiro trimestre para a Azul”, disse a empresa.

A receita líquida nos três primeiros meses do ano subiu 17,8%, a R$ 2,2 bilhões, com maior demanda doméstica e internacional por voos, enquanto os custos dos serviços prestados avançaram 16,1%, para R$ 1,94 bilhão.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A receita unitária por passageiro (PRASK) aumentou 5,1% na comparação anual, enquanto o custo unitário (CASK) subiu 3,4%. Excluindo combustíveis, o CASK subiu 0,7%.

Compartilhe esta publicação: