Eletropaulo usará R$ 1,5 bi para investimento e capital de giro

Aumento de capital será realizado pela nova controladora da empresa, a italiana Enel.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

A empresa anunciou ontem (30) à noite um prejuízo líquido de R$ 155,6 milhões no segundo trimestre

Acessibilidade


A distribuidora de energia Eletropaulo utilizará R$ 1,5 bilhão de um aumento de capital que será realizado na companhia por sua nova controladora, a italiana Enel, para bancar seu plano de investimentos para 2018 e reforçar o capital de giro, disse o presidente da empresa, Charles Lenzi, em teleconferência hoje (31) com investidores.

VEJA TAMBÉM: Conselho da Eletropaulo aprova aumento de capital

O executivo disse ainda que será substituído no comando da Eletropaulo pelo atual diretor da Enel para o Brasil, Carlo Zorzoli, que acumulará o cargo atual com a presidência da elétrica paulista.

A Eletropaulo anunciou ontem (30) à noite um prejuízo líquido de R$ 155,6 milhões no segundo trimestre, contra lucro de R$ 28,4 milhões no mesmo período do ano passado.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização da companhia (Ebitda) somou R$ 149,9 milhões, queda de 47,2% na comparação anual. Já o Ebitda ajustado, excluindo ajustes por fundo de pensão e efeitos não recorrentes, foi de R$ 301,4 milhões no trimestre, alta de 16,3% na comparação anual.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Compartilhe esta publicação: