CSN decide cancelar dividendos declarados

Justiça bloqueou pagamento de R$ 890 milhões previsto para o dia 30.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
CSN decide cancelar dividendos declarados - iStock
CSN decide cancelar dividendos declarados - iStock

Justiça bloqueia pagamento previsto para a siderúrgica.

Acessibilidade


O conselho de administração da Companhia Siderúrgica Nacional (CNS) decidiu cancelar os dividendos declarados no dia 17 de agosto, no valor de R$ 890 milhões, após a justiça bloquear o pagamento previsto para o dia 30 deste mês, disse a siderúrgica em fato relevante na noite de quarta-feira (29).

VEJA TAMBÉM: CSN tem lucro líquido de R$ 1,190 bilhão no 2º tri

A CSN disse que pretende utilizar os recursos não distribuídos para amortizar obrigações de curto prazo, que com o pagamento dos dividendos seriam alongadas.

“A companhia reitera sua confiança na rápida continuidade do alongamento de seu passivo financeiro, por meio do seu programa de desinvestimento em curso e da constante melhora operacional”, disse a CSN em fato relevante.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: