IGP-M acelera alta a 1,52% em setembro, diz FGV

Aumento dos preços dos combustíveis no atacado contribuíram para subida do índice.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

Os preços dos combustíveis no atacado aumentaram com força

Acessibilidade


Os preços dos combustíveis no atacado aumentaram com força e o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) acelerou a alta a 1,52% em setembro, de 0,70% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) hoje (27).

LEIA MAIS: FGV: confiança do comércio tem menor nível em um ano

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60% do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, subiu 2,19% em setembro depois de avanço de 1,00% no mês anterior.

No IPA, os Bens Finais tiveram alta de 1%, após queda de 0,12% em agosto, pressionados principalmente pelo avanço de 8,21% dos combustíveis para consumo, depois de variação positiva de 0,02% antes.

Para o consumidor a pressão também aumentou, com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem peso de 30% no índice geral, subindo 0,28% em setembro, de 0,05% em agosto.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O grupo de Transportes teve a maior contribuição para o movimento do índice ao subir 0,59%, ante variação negativa de 0,29% em agosto.

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) desacelerou a alta a 0,17%, contra avanço de 0,30% em agosto.

VEJA TAMBÉM: Confiança do consumidor no Brasil recua em setembro

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

Compartilhe esta publicação: