eBay acusa Amazon de assediar vendedores em sua plataforma

Empresa alegou que concorrente enviou mensagens ilegais para os seus funcionários.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

eBay solicitou que a Amazon encerre suas atividades ilegais

Acessibilidade


O eBay acusou hoje (3) a Amazon de tentar levar vendedores para sua plataforma através do sistema interno de mensagens do eBay.

LEIA MAIS: MP abre inquérito para apurar vazamento de dados no Facebook

“Descobrimos um esquema ilegal e perturbador da Amazon que pede aos vendedores do eBay para migrarem para a plataforma da Amazon”, disse o eBay, acrescentando que enviou uma carta de cessação à Amazon na última segunda-feir (1).

“Solicitamos que a Amazon encerre suas atividades ilegais e iremos tomar as medidas apropriadas, conforme necessário, para proteger o eBay”, afirmou a empresa em comunicado.

A Amazon disse que está conduzindo uma investigação sobre as acusações.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O “Wall Street Journal” publicou hoje (3) que uma investigação do eBay descobriu que cerca de 50 funcionários da Amazon ao redor do mundo enviaram mais de mil mensagens para vendedores da plataforma rival.

O eBay disse ter sido alertado sobre a situação há cerca de 10 dias, após um vendedor entrar em contato com a empresa ao ser abordado por um funcionário da Amazon sob falsas pretensões.

Compartilhe esta publicação: