SAP anuncia compra da Qualtrics por US$ 8 bi

Empresa é especializada em monitorar o sentimento online.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
GettyImages
GettyImages

Acordo ajudará a empresa de tecnologia mais valiosa da Europa a fortalecer sua oferta de software de gerenciamento de relacionamento com clientes

Acessibilidade


A desenvolvedora de softwares alemã SAP comprará a Qualtrics International por US$ 8 bilhões em dinheiro, antecipando uma listagem planejada de ações da empresa norte-americana especializada em monitorar o sentimento online.

VEJA TAMBÉM: SAP eleva previsão de crescer com transição para nuvem

O acordo ajudará a empresa de tecnologia mais valiosa da Europa a fortalecer sua oferta de software de gerenciamento de relacionamento com clientes, um foco do presidente-executivo, Bill McDermott, na corrida com Salesforce e Oracle.

Anunciado na noite de ontem (11), o acordo é a maior aquisição da SAP desde que comprou a empresa de gerenciamento de viagens e despesas Concur por US$ 8,3 bilhões em 2014.

A Qualtrics registra e analisa dados sobre marcas e produtos de fontes em tempo real, incluindo mídias sociais e e-mail, e deve fornecer aos clientes da SAP melhores informações sobre a experiência de seus próprios clientes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa, que tem 9 mil clientes, principalmente nos Estados Unidos, espera que a receita ultrapasse US$ 400 milhões este ano e projeta uma taxa de crescimento acima de 40%, sem incluir potenciais sinergias que possam surgir por fazer parte da SAP.

A SAP provê que sua própria receita cresça este ano entre 7,5% e 8,5%, para mais de € 25 bilhões.

E AINDA: SAP e Alibaba se unem para oferecer serviços em nuvem

McDermott disse que uma vez que o acordo fosse fechado, a SAP alcançaria o crescimento mais rápido de receita de qualquer empresa na indústria de software de aplicação empresarial, estimando um aumento de dois dígitos.

A SAP atualizará sua previsão após o fechamento do negócio, o que é esperado para o primeiro semestre de 2019.

Compartilhe esta publicação: