Suzano emitirá debêntures para concluir fusão com Fibria

Companhia assinou termo de compromisso com o Banco do Brasil para emitir R$ 4 bilhões

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

A Suzano vai emitir R$ 4 bilhões em debêntures com vencimento em um ano

Acessibilidade


A Suzano informou ter assinado hoje (10) termo de compromisso com o Banco do Brasil para emitir R$ 4 bilhões em debêntures com vencimento em um ano, em regime de garantia firme de colocação, no âmbito da fusão com as operações da Fibria.

LEIA MAIS: Fusão Suzano-Fibria será concluída em 14 de janeiro

“A captação …somada ao desembolso a ser realizado dos US$ 2,3 bilhões contratados no compromisso inicial de financiamento da transação concluem a estrutura de financiamento necessária para a operação”, disse a Suzano em fato relevante.

Os controladores da Suzano e da Fibria anunciaram em março deste ano a criação da maior produtora de celulose do mundo e no final de novembro obtiveram a aprovação da União Europeia, último obstáculo para a operação, liberando-as para marcarem a conclusão do processo de formação do grupo para 14 de janeiro.

As ações da Suzano estavam em leilão às 10:28 (horário de Brasília), depois de terem as negociações suspensas temporariamente em razão da divulgação do fato relevante.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em comunicado separado, a Suzano disse que começa nesta segunda-feira (10) a negociação de American Depositary Receipts (ADR) Nível II da companhia na bolsa de valores de Nova York.

Compartilhe esta publicação: