Coreia do Sul une dois maiores estaleiros do mundo

Hyundai Heavy Industries e Daewoo se juntam em operação de US$ 2 bi.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

A combinação dos dois estaleiros vai reduzir a competição e excesso de capacidade produtiva

Acessibilidade


A Hyundai Heavy Industries, maior grupo de estaleiros do mundo, anunciou um acordo de troca de ações avaliado em US$ 1,98 bilhão para assumir o controle sobre a segunda maior empresa do setor, a Daewoo, e criar uma gigante global com participação de mais de 20%.

LEIA MAIS: De navio, avião ou trem: 5 roteiros de volta ao mundo

O banco estatal de desenvolvimento da Coreia do Sul (KDB) detém 55,7% da Daewoo e pretende vender a participação e consolidar os três maiores estaleiros do país, que inclui a Samsung Heavy Industries, em duas empresas.

A combinação dos dois estaleiros vai reduzir a competição e excesso de capacidade produtiva, disse o presidente do conselho do KDB, Lee Dong-gull.

O acordo vai “aumentar a competitividade da Daewoo, em um momento em que a ameaça de grupos da China e Singapura está crescendo”, afirmou Lee.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Hyundai e Daewoo controlam uma participação combinada de 21,2% do mercado global de estaleiros, e são seguidas pela japonesa Imabari Shipbuilding, que detém fatia de 6,6%, segundo dados da Clarksons Research.

VEJA TAMBÉM: Hyundai Motor tem menor lucro em sete anos

O executivo afirmou que vai levar vários meses para as empresas conseguirem aprovação de autoridades regulatórias para a consolidação.

O KDB também afirmou que vai contactar a Samsung Heavy para que a empresa avalie assumir uma participação na Daewoo. Um porta-voz da Samsung Heavy afirmou que a empresa recebeu uma proposta da KDB e que precisa avaliar o assunto.

Compartilhe esta publicação: