Shell compra fabricante de baterias solares

Objetivo é expandir negócios em uma economia com menor emissão de carbono

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A Sonnen fabrica baterias para aplicações em energia solar residencial

Acessibilidade


A Royal Dutch Shell fechou acordo para comprar a Sonnen, fabricante alemã de baterias para aplicações em energia solar residencial, em uma estratégia para expandir negócios em um momento de transição global para uma economia com menor emissão de carbono.

LEIA MAIS: Shell, Exxon, BP e Chevron arrematam áreas no pré-sal

A Sonnen, que tem 40 mil sistemas de baterias em todo o mundo e em 2017 teve vendas de € 65 milhões, é líder no mercado alemão de baterias para uso doméstico e se expandiu para sistemas de carregamento de baterias de veículos elétricos.

A aprovação regulatória e conclusão da transação, envolvendo a Shell New Energies, é esperada para o primeiro trimestre de 2019, disse um porta-voz da Sonnen, sem dar um valor da negociação.

A Alemanha tem 1,5 milhão de sistemas solares instalados cujas vendas subsidiadas devem ser eliminadas nos próximos anos. Ao adquirir baterias, as famílias podem armazenar energia produzida em suas casas e usá-la ou vendê-la à distribuidora de eletricidade.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Shell, segunda maior petrolífera listada em bolsa do mundo, acelerou o investimento em energia renovável, apostando em um rápido aumento na demanda por eletricidade devido ao uso de veículos elétricos e uma mudança para fontes de energia mais limpas.

Os investidores existentes da Sonnen, incluindo GE Ventures e investidores de capital privado europeus, terão suas participações compradas na operação da Shell.

Compartilhe esta publicação: