GM tem lucro acima do esperado no 1° tri

Resultado de US$ 2,2 bi foi puxado por picapes e IPO da Lyft

Compartilhe esta publicação:
Forbes
Forbes

Resultados da maior montadora de veículos dos EUA vieram apesar de um declínio de 7% nas vendas de veículos novos no país no primeiro trimestre

Acessibilidade


A General Motors divulgou hoje (30) lucro trimestral maior que o esperado, impulsionado principalmente por vendas de picapes nos Estados Unidos e por reavaliações de ações que detém na empresa Lyft e na Peugeot.

VEJA TAMBÉM: GM anuncia investimento de R$ 10 bilhões em SP

Os resultados da maior montadora de veículos dos EUA vieram apesar de um declínio de 7% nas vendas de veículos novos no país no primeiro trimestre, no qual suas picapes foram superadas pela rival menor, Fiat Chrysler.

O lucro maior também veio apesar de uma queda nas vendas na China de quase 20% e um declínio correspondente no lucro de 37%.

A montadora informou em comunicado que está otimista com as vendas de picapes para o resto de 2019, à medida que lança novas versões no segundo semestre do ano.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A GM teve lucro líquido no primeiro trimestre de US$ 2,2 bilhões, ou US$ 1,48 por ação, acima dos US$ 1,05 bilhão, ou US$ 0,72 por ação, obtidos um ano antes. Excluindo eventos não recorrentes, a empresa teve lucro por ação de US$ 1,41. Analistas esperavam, em média, ganhos por ação de US$ 1,11.

E AINDA: GM anuncia marca de bicicletas elétricas

O lucro antes dos impostos caiu mais de 11%, para US$ 2,3 bilhões.

A GM tem ações preferenciais na Peugeot desde que vendeu sua unidade alemã Opel para a montadora francesa em 2017. A oferta pública inicial da Lyft ocorreu no final do primeiro trimestre.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Compartilhe esta publicação: