Tela do MacBook Air Retina é atualizada e se aproxima da concorrência

Divulgação
Com a resolução de 400 nits, o modelo se iguala aos melhores equipamentos do mercado

Resumo:

  • A versão macOS 10.14.4 coloca a tela do dispositivo no mesmo nível dos computadores de alto padrão com Windows;
  • O portátil tem processador Intel Y dual-core, 8GB de memória RAM e um SSD de 256GB;
  • A bateria do modelo do Mac Book Air pode durar mais de um dia.

O MacBook Air Retina foi recentemente atualizado, elevando-se aos padrões da concorrência.

A atualização aumentou o brilho de 300 nits para 400 nits, resolvendo uma preocupação persistente dos usuários sobre o display ser mais fraco do que os similares. A maioria dos notebooks melhores e mais recentes (incluindo o MacBook Pro 2018) e dos equipamentos dois em um possuem acima de 400 nits ou mais. O MacBook Pro de 13 polegadas, por exemplo, é classificado com 500 nits pela Apple.

LEIA MAIS: Design de novo iPhone da Apple é aposta arriscada

O modelo XPS 13 9380 4K, da Dell, tem resolução de 400 nits, enquanto o Elitebook x360 1040 G5, da HP, com tela 4K possui 500 nits.

Então, quando fiquei sabendo da atualização do macOS 10.14.4, imediatamente a instalei no meu MacBook Air 2018 Retina. E sim, ele me pareceu mais brilhante. Mas, para ter certeza, verifiquei com a Apple e um porta-voz confirmou que o brilho realmente havia sido aumentado para 400 nits.

A medida deve eliminar as incertezas dos consumidores. A nova classificação coloca o Retina no mesmo nível da maioria dos laptops Windows de alta qualidade e o aproxima muito do MacBook Pro.

Melhoria em um MacBook que já é bom

Após cerca de quatro meses de uso, aqui está uma rápida descrição sobre as minhas impressões do MacBook 2018 Air Retina.

O equipamento provou ser um substituto à altura para o meu antigo MacBook Pro de 15 polegadas de meados de 2017. Tenho viajado mais nos últimos seis meses e agradeço a mudança para o MacBook Air, muito mais leve.

VEJA TAMBÉM: Por que o Chromebook é uma boa alternativa diante das falhas de atualização do Windows 10

E não acredite nos benchmarks: ele é satisfatório em tudo o que eu consigo usar, apesar de ter um processador de série Intel Y dual-core de baixa potência. A Apple não é negligente quando se trata de projetar um notebook, e o novo MBA foi desenvolvido para ser muito eficiente com 8GB de RAM e um SSD de 256GB (o último é tão rápido que compensa a pequena quantidade de RAM).

A duração da bateria é excelente, muitas vezes de mais de um dia no meu caso. Por fim, a tela é encantadora.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).