7 coisas que investidores iniciantes precisam saber

Witthaya Prasongsi/Getty Images
Um investimento é a melhor aposta para se tornar um milionário

Resumo:

  • Quando se é um investidor iniciante, pode haver hesitação;
  • Estar confiante sobre seus recursos é o segredo;
  • Um investimento é a melhor aposta para se tornar um milionário.

Se você é um “investidor iniciante” — alguém que é novo no mundo dos investimentos — há uma boa chance de estar se sentindo sobrecarregado. E por um bom motivo. Você provavelmente está sendo bombardeado por notícias e peças publicitárias que repetem o jargão financeiro de “fazer isso” ou “perguntar aquilo” na hora de investir. Entre tantos, qual o conselho certo? Por onde começar? Estar confiante sobre seus investimentos é fundamental.

LEIA MAIS: Como dois investidores transformaram US$ 120 mil em US$ 200 bi

Veja, na galeria de fotos abaixo, 7 coisas que investidores iniciantes precisam saber:

  • 1) Comece com pequenos passos

    Ser rico não é um requisito para investir. Há corretoras — e robôs advisors, instrumento para a criação de portfólio de investimentos — que não exigem um saldo mínimo. Você pode dar início ao seu investimento com alguns dólares. Se esta é sua primeira vez, dar passos pequenos é uma ótima idéia.

    Ao investir apenas US$ 10 ou US$ 20 por mês, você favorece o crescimento de sua riqueza e se sente confortável com essa nova parte da vida financeira.

  • 2) Essa é a melhor aposta para o milhão

    Criar uma empresa bem-sucedida ou herdar uma grande riqueza pode torná-lo um milionário, mas é pouco provável que isso aconteça. Investir é realmente o caminho mais fácil para o milhão. Basta poupar US$ 2 por dia desde os 20 anos para estar rico até a aposentadoria — se você investir bem.

  • 3) Investimento não é jogo

    A aposta é parte de um jogo de azar — em que a sorte costuma influir e decidir. É por isso que, ao jogar, as pessoas dizem coisas como “espero ganhar hoje nas máquinas caça-níqueis”. Mas investir é colocar dinheiro em empresas reais, e então o sucesso nos negócios requer mais habilidade que sorte. Para ganhar, uma companhia utiliza uma estratégia comprovada — não apenas para a esperança. Ela pode dizer que cada dólar gasto em marketing gerou US$ 5 em consumo, por isso, se o orçamento da área for dobrado, as vendas se multiplicam. Investir é um risco calculado, não uma aposta.

  • 4) Investir mantém seu poder de compra

    Desde o início do século 20, os EUA registraram uma inflação média anual de mais de 3% — isso quer dizer que tudo fica um pouco mais caro, com o tempo, no país. Se o dólar vale mais hoje do que valerá amanhã, como você pode acompanhar a inflação e manter seu poder de compra? Investir é o melhor caminho aqui, também. Como os preços estão subindo, você precisa ampliar seus recursos a uma taxa acima da inflação.

  • 5) Investimentos deixam ricos mais ricos

    As ações norte-americanas apresentaram retornos de cerca de 10% ao ano, em média, nas últimas décadas. Como a inflação gira em torno de 3%, os investidores conseguem manter uma diferença de 7%. Portanto, não apenas perpetuam seu poder de compra, mas também deixam seu dinheiro em um local que permite duplicá-lo a cada sete anos.

    Enquanto isso, metade dos norte-americanos deixa de investir e mantém seu suado salário em cheques e contas de poupança que não pagam juros suficientes para compensar a inflação. Quando as empresas aumentam os preços de todos os itens que você compra, os investidores se beneficiam desse aumento. Já os consumidores que não investem ficam atolados.

  • 6) Seu portfólio um dia perderá valor

    Antes mesmo de investir seu primeiro centavo, entenda que sua carteira perderá valor. Quando isso acontecer — e acontecerá mais de uma vez durante a sua vida –, apenas aceite. Faz parte da experiência de investir. Os mercados são cíclicos e sempre vem uma recessão. Uma das primeiras coisas que você deve fazer como investidor inicial é passar horas aprendendo sobre ciclos de negócios e sobre a trajetória das ações no último século. Se você não entende como os investimentos funcionam e vê o declínio de seu portfólio, a experiência será dura. Temos medo do que não entendemos — e colocar seu dinheiro em algo que se teme não é receita para o sucesso.

  • 7) Seus objetivos afetarão sua estratégia

    À medida que suas metas mudam, sua estratégia de investimento as acompanha. É por isso que você ouvirá profissionais da área financeira falar sobre “tolerância ao risco” e fará um teste para avaliar suas metas. Os robôs advisors farão a você uma série de perguntas e, com base nas respostas, determinarão sua tolerância ao risco e decidirão em que deve investir.

1) Comece com pequenos passos

Ser rico não é um requisito para investir. Há corretoras — e robôs advisors, instrumento para a criação de portfólio de investimentos — que não exigem um saldo mínimo. Você pode dar início ao seu investimento com alguns dólares. Se esta é sua primeira vez, dar passos pequenos é uma ótima idéia.

Ao investir apenas US$ 10 ou US$ 20 por mês, você favorece o crescimento de sua riqueza e se sente confortável com essa nova parte da vida financeira.

 


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).